UnB e GDF idealizam espaço educativo para crianças

Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 29/05/2013 às 8h

UnB e GDF idealizam espaço educativo para crianças

Palavida prevê ambientes para brincadeiras e aprendizado. Planta baixa do projeto foi apresentada à comunidade acadêmica.

 

Um espaço especialmente dedicado às crianças, para mostrar a elas o modo de vida de meninos e meninas de todo o mundo: como brincam, como estudam, como se relacionam. Essas são as linhas básicas do projeto Palavida, fruto de parceria da UnB com o Governo do Distrito Federal, lançado oficialmente na tarde de sexta-feira (24). O evento aconteceu no auditório da reitoria e contou com a presença da vice-reitora, Sônia Báo, do secretário de Assuntos estratégicos do GDF e ex-aluno da UnB, Newton Lins e de representantes da Secretaria de Cultura e da Secretaria da Criança.

O professor emérito Isaac Roitman, coordenador da Comissão UnB.Futuro, abriu a cerimônia explicando que o conceito original do Palavida, idealizado pelo professor emérito Aldo Paviani, ganhou corpo no âmbito das atividades comemorativas do cinquentenário da UnB. "Este é um projeto que poderá, dentre outras coisas, contribuir para o entendimento entre os povos", declarou.

Paviani explicou que a escolha de Brasília para sediar o museu se deu pela analogia com Pangeia, que seria o planeta Terra num estágio em que os continentes ainda não eram separados. O ex-professor de geografia da UnB exibiu uma primeira planta baixa do que será o Palavida, contendo espaços para brincadeiras, salões para palestras e exibições. "Teremos as crianças entendendo outras crianças, uma semente para a paz mundial", explicou. "O Palavida será um espaço para educar, entreter e viajar pelo mundo."

Mariana Costa/UnB Agência
O professor Aldo Paviani é idealizador do projeto

 

O secretário Newton Lins demonstrou grande entusiasmo pelo projeto que, em seu entendimento, traduz a essência de Brasília. "Nesses 52 anos, não vi nenhuma obra calçada no humanismo mais essencial do que o Palavida. A unidade dos povos começando pelas crianças", declarou. Lins trata a criação do espaço como essencial para o governo. "Enquanto eu for secretário de assuntos estratégicos, vou apoiar esse projeto", prometeu.

A vice-reitora Sônia Báo enalteceu a participação dos professores eméritos Aldo Paviani e Isaac Roitman e sugeriu que o projeto integrasse não uma política de governo, mas uma política de Estado. "Trabalhar com a criança é o que temos de mais precioso e fundamental", declarou.

A concepção do Palavida segue em debate. A próxima reunião dos grupos de trabalho da UnB e do GDF será às 14h30 do dia 3 de junho, no Centro de Física da Matéria Condensada, Edifício Multiusos II.

Secretaria de Comunicação da UnB
Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 29/05/2013 ás 8h

Compartilhe

UnB e GDF idealizam espaço educativo para crianças