Um grito nas paredes

Fonte BSB Comunicação 19/11/2009 às 0h
Para comemorar os 70 anos do fim do confronto que ocorreu entre 1936 a 1939, o Instituto Cervantes de Brasília apresentará até o dia 19 de setembro, uma exposição sobre a Guerra Civil Espanhola, que foi considerada a primeira guerra midiática da história, deixando profundas implicações no mundo, sobretudo, no Brasil e na América Latina.
 
Um grito na parede: assim se definia o cartaz. Essa conjunção estética de imagens impactantes e textos breves que capta a atenção e transmite uma mensagem simples, que naquele momento desempenhava, junto ao rádio e as revistas, um papel destacadíssimo na comunicação humana anterior à aparição da televisão.

Durante a guerra, este meio de comunicação eficiente e inovador, tomou conta das ruas da Espanha. Os cartazes estimulavam a confiança na vitória. Conhecidos como "soldados de papel e tinta", conclamavam todos a participar da luta. As temáticas eram variadas, iam do alistamento à importância da educação e da higiene. Os horrores da guerra estavam sempre presentes.

A arte do cartaz tinha grande influência já antes da guerra civil. A República utilizou os melhores artistas gráficos da Espanha, que adotaram os preceitos estéticos da arte vanguardista, especialmente o construtivismo russo. Os cartazes produzidos tanto pelas forças franquistas quanto pelos republicanos conduziam à campanhas de motivação, mas a estética era diferente. Os republicanos, ao longo da guerra, passam a ter clara influência do realismo socialista, tomando o modelo da arte soviética stalinista. Já os nacionalistas avançaram para uma estética inspirada no nazismo.

A exposição será composta por belos e sugestivos cartazes originais dos republicanos integrantes da coleção da Fundação Espanhola Pablo Iglesias, que hoje possui mais de 2 mil exemplares originais.

O visitante da exposição "Um grito nas paredes" sentirá a força, a sensibilidade, os sentimentos e a capacidade intelectual daqueles pintores e cartazistas que revolucionaram a arte gráfica dos anos 30.
Exposição dos cartazes de guerra da Espanha (1936-1939)

14/08 a 19/09/2009
Local: sala de exposições do Instituto Cervantes de Brasília
Entrada franca
Censura livre.
BSB Comunicação
Fonte BSB Comunicação 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Um grito nas paredes