UFMG é tetracampeã em competição latino-americana de negócios

Fonte UFMG 12/08/2014 às 23h
Pela quarta vez consecutiva, pesquisadores da UFMG venceram a edição regional da Idea To Product (I2P). Criada pela Universidade do Texas (EUA), em 2001, a I2P é uma das maiores competições de inovação tecnológica do mundo e foi trazida ao Brasil pela Fundação Getúlio Vargas há sete anos.

A UFMG foi representada por três tecnologias, selecionadas pela Coordenadoria de Transferência e Inovação Tecnológica (CTIT/UFMG), que concorreram com 18 equipes da América Latina. Os componentes das equipes da Universidade, alunos de graduação e pós-graduação, se apresentaram como potenciais empreendedores dos projetos, e a Nanobiotec foi a vencedora dessa etapa.

O projeto da Nanobiotec é um fungicida que combate a ferrugem do feijão, uma das principais pragas das plantações. Como explica a doutoranda em Microbiologia do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) Camila Viana, o produto foi considerado inovador porque alia nanotecnologia e engenharia genética e não possui agentes tóxicos. A tecnologia foi criada por grupo liderado pelos professores Luiz Orlando Ladeira, do Departamento de Física, e Ary Correa Junior, do ICB.

Campeã da etapa latino-americana desde 2010, a UFMG busca agora o tetracampeonato na edição mundial da competição, que reúne os primeiros lugares das etapas regionais, realizadas na América Latina, América do Norte, Europa, Ásia e Oceania. A disputa mundial será em novembro, no Texas.

“Um dos maiores ganhos de nossa participação é a educação empreendedora dos nossos alunos. Além de receber o feedback de especialistas de mercado, eles percebem que o que está sendo desenvolvido nos laboratórios pode ter aplicação real”, afirma Aluir Dias, coordenador do programa CTIT Empreender e responsável pelas equipes.

A oitava edição do Idea To Product será realizada em agosto de 2015, na UFMG.
UFMG
Fonte UFMG 12/08/2014 ás 23h

Compartilhe

UFMG é tetracampeã em competição latino-americana de negócios