Uefa vai investigar suposto racismo de Tavecchio

Fonte ANSA 20/08/2014 às 19h

Dirigente chamou jogadores estrangeiros de 'comedores de banana'

20 Agosto, 14:30•ROMA•ZGT

(ANSA) - A Uefa anunciou hoje (20) que abriu uma investigação oficial contra o presidente da Federação Italiana de Futebol (Figc), Carlo Tavecchio, sobre um possível caso de racismo.



Tanto a entidade europeia quanto a Fifa já haviam pedido explicações do então presidente da Federação, Giancarlo Abete, sobre as frases e não tinham ficado satisfeitas com as respostas apresentadas.



Já Tavecchio afirmou através de nota que está 'tranquilo' sobre a investigação. "Estou sereno e respeito a decisão da Uefa. Além disso, já expliquei sobre esse ato e vou explicar à Uefa meu erro e minhas verdadeiras intenções", escreveu o dirigente.



No final de julho, em uma assembleia com outros dirigentes, Tavecchio declarou que "a questão de acolher é uma coisa, do futebol é outra. A Inglaterra avalia os sujeitos que entram no país, se são profissionais para jogar. Nós, ao invés disso, chega um 'Opti Pobá', que antes comia bananas, e é titular da Lazio. E está tudo bem assim. Na Inglaterra, é preciso mostrar seu currículo e seu 'pedigree'".



A frase causou um racha entre os presidentes dos clubes italianos, especialmente os da primeira divisão, e dividiu as equipes dentro da Figc. Porém, apesar da briga, mais de 60% dos delegados que tinham direito a voto nas eleições do dia 11 de agosto, escolheram Tavecchio como mandatário. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 20/08/2014 ás 19h

Compartilhe

Uefa vai investigar suposto racismo de Tavecchio