Troca de informação com os países é estratégica para Anvisa

Fonte Imprensa/Anvisa 26/05/2013 às 12h

A implantação de uma plataforma comum entre os países para ações na área de medicamentos foi o tema de um encontro internacional entre a Anvisa e agências reguladoras de todo o mundo nesta semana. O tema está na pauta de trabalho da Anvisa que tem investido cada vez mais na troca de conhecimento entre as agências reguladoras como estratégia para melhorar os produtos disponíveis para a população, além de abrir novos mercados para os produtos brasileiros.

Segundo o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, a globalização dos produtos na área de saúde exige que as agências de todo o mundo trabalhem em conjunto para dar conta do crescimento deste mercado tanto em volume com em complexidade dos produtos. O encontro aconteceu em Roma, Itália.

A proposta de uma agenda global da saúde também foi o tema da 66ª Assembléia Mundial da Saúde em Genebra, Suiça. O encontro reuniu ministros de estado, chefes de agências reguladoras, diplomatas e representantes da saúde de diversos países. A Anvisa participou ainda da reunião sobre ações regulatórias com os países do Brics, grupo que reúne o Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Em 2014 o Brasil será sede da Conferência da OMS de Autoridades Reguladoras de Medicamentos. O evento deve marcar a posição de destaque do Brasil na regulação de medicamentos. Uma demonstração disso foi o Acordo de Confidencialidade assinado na última quarta-feira (22/5) com a Autoridade Sanitária Alemã. Este acordo permitirá que as autoridades regulatórias possam trocar informações consideradas importantes para a tomada de decisões nacionais e poderá racionalizar atividades que hoje são duplicadas nos países.

A Anvisa ainda assinou um termo de cooperação com Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratório para o desenvolvimento de trabalhos e ações conjuntas no âmbito científico, normativo e técnico. A Agência recebeu ainda um troféu como homenagem ao trabalho na área de produtos e equipamentos médicos e pelo aprimoramento do marco regulatório que está fazendo 20 anos, mesmo tempo de existência da Feira Hospitalar.

 

 

Imprensa/Anvisa
Fonte Imprensa/Anvisa 26/05/2013 ás 12h

Compartilhe

Troca de informação com os países é estratégica para Anvisa