Transatlânticos fora de Veneza

Fonte ANSA 11/08/2014 às 16h
Projeto de novo caminho de navios vai passar por avaliação

11 Agosto, 14:59•VENEZA•ZAR

(ANSA) - O fim está próximo para os navios de 40 mil toneladas na baía de San Marco e nos canais de Giudecca, em Veneza. Assim divulgou o presidente da região do Veneto, Luca Zaia, em um tweet durante a reunião do Comitê Interministerial para a proteção de Veneza, em Roma. O anúncio foi feito na última sexta-feira (8) e contou com membros do governo italiano e representantes políticos de Veneza e de outras cidades da região.


Para que isso ocorra, o Comitê enviou para Avaliação de Impacto Ambiental (Via, em italiano), um projeto para uso do canal da Contorta Sant'Angelo como rota para os transatlânticos chegarem á cidade histórica.


Essa avaliação pode viabilizar o decreto Clini-Passera, criado em 2012, para interditar a circulação dos navios com mais de 40 mil toneladas em frente à piazza San Marco. "Esperamos que esse processo seja resolvido rapidamente", afirmou Zaia.


Segundo o ministro do Meio Ambiente, Gian Luca Galletti, a Via será importante para saber quais efeitos positivos e negativos poderão ocorrer no ecossistema do canal Contorta Sant'Angelo.


"Os grandes navios em Veneza devem ser compatíveis com a salvaguarda do ambiente e do patrimônio artístico de Veneza", disse Galletti. Também presente na reunião, Maurizio Lupi, ministro da Infraestrutura e dos Transportes, felicitou a decisão. "Hoje demos um significativo passo adiante para definir o canal Contorta Sant'Angelo como caminho para a Estação Marítima de Veneza", disse Lupi.


Caso o Via aprove o projeto, entrará em vigor a ordem de que em 2014 e 2015 nenhum grande navio com mais de 96 toneladas poderá passar na baía de San Marco e no canal de Giudecca. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 11/08/2014 ás 16h

Compartilhe

Transatlânticos fora de Veneza