Thiago Monteiro representará o Brasil em sua terceira olimpíada no tênis de mesa

Fonte Ascom – Ministério do Esporte 30/05/2012 às 21h

Thiago Monteiro representará o Brasil em sua terceira olimpíada no tênis de mesa

A delegação de tênis de mesa que representará o Brasil em Londres já está definida. A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) anunciou, nesta semana, os dois últimos nomes que faltavam para completar a seleção que disputará o torneio por equipe: Thiago Monteiro – que é beneficiado pelo programa Bolsa-Atleta do Ministério do Esporte – e a chinesa naturalizada brasileira Gui Lin.

O país conquistou o direito de disputar o torneio por equipes após o pré-olímpico de Doha, realizado entre os dias 10 e 13 de maio, por ser o país latino-americano com o maior número de atletas classificados no individual, quatro no total: Hugo Hoyama e Gustavo Tsuboi, no masculino; Caroline Kumahara e Lígia Silva, no feminino.

O bolsista Thiago Monteiro, que está na França em preparação para disputar a sua terceira Olimpíada, contou ao portal do Ministério do Esporte como será a rotina de treinos para encarar mais um desafio olímpico, desta vez na capital britânica.

ME - Como foi ser escolhido para integrar a seleção brasileira após o difícil período de 2011, em que você esteve contundido?

Mesmo contundido eu sempre me senti parte do grupo da seleção. Eu precisava estar recuperado fisicamente primeiro para voltar aos treinos, mas sempre me senti como atleta de seleção. Durante o tempo que não pude realizar treinos técnicos, eu cuidei muito dos treinos físicos e fiz fisioterapia. Também assisti a vários vídeos de partidas e repensei no meu jogo de uma forma geral. Assim que parei de sentir dor no punho, retornei aos treinos de forma gradativa, sempre escutando o corpo e reconhecendo meus limites, até poder treinar normalmente como antes.

Fico feliz de ter sido escolhido, já que não pude disputar o pré-olímpico. A lesão atrapalhou muito, mas o importante agora é que estarei nos Jogos. Venho tendo resultados melhores a cada competição e desde fevereiro tenho treinado mais e melhor.

ME - Qual a expectativa para disputar sua terceira Olimpíada?

Fico feliz por ir para minha terceira Olimpíada consecutiva, mas também encaro com naturalidade. Eu me preparo para isso. Em relação aos adversários, nós temos que lembrar que apenas 16 equipes do mundo todo participam, então o nível é muito alto e todos os adversários são muito bons. Nós temos que encarar todo jogo como se fosse o mais importante. O Brasil foi um dos favoritos no Pan de Guadalajara, mas em Londres fazemos parte do grupo de países que podem surpreender. Vamos abordar um jogo de cada vez e tentar avançar ao máximo possível.

ME - Como será a preparação para Londres?

A preparação segue normal, parte aqui no meu clube na França e parte em concentrações com a seleção brasileira. Além de algumas competições que teremos até os Jogos. Já estamos treinando forte há bastante tempo e agora é só acertar os últimos detalhes.

ME - A delegação brasileira deste ano conta com jovens estreantes, como Caroline Kumahara e Gui Lin, na equipe feminina. Você acredita que este será um diferencial da seleção brasileira nos Jogos?

Independentemente da idade eu acredito que se elas estão indo é por que tiveram bons resultados e o nível técnico é o que conta no final. Infelizmente só podem ir três atletas por equipe, mas tanto no masculino como no feminino qualquer um dos quatro atletas que fazem parte do grupo hoje tem nível pra ir para uma Olimpíada.
Ascom – Ministério do Esporte
Fonte Ascom – Ministério do Esporte 30/05/2012 ás 21h

Compartilhe

Thiago Monteiro representará o Brasil em sua terceira olimpíada no tênis de mesa