Terceira Edição do Sonoridades no Oi Futuro tem novos encontros

Fonte Oi Futuro 05/04/2013 às 18h
  • Com curadoria de Nelson Motta, o festival acontece em abril, no centro cultural em Ipanema

Rio de Janeiro, 02 de abril de 2013 – O Oi Futuro recebe em seu espaço em Ipanema a terceira edição do “Sonoridades”, reforçando seu posicionamento inovador para a música. O festival, realizado em abril, se mantém fiel ao seu conceito original: misturar. “Nas ruas dessa cidade, as sonoridades se misturam. Nas praias, nos bares, nos clubes e nas pistas”, explica o curador Nelson Motta, produtor musical. “Aqui, tudo é pretexto para encontros e descobertas entre tribos, misturando estilos e gerações que se aproximam pelo amor à música e à festa". No line-up estão Black Alien, a banda Panamericana, Silva, Daniel Jobim e convidados como Ed Motta, Maíra Freitas, Céu, Flora Matos, Edi Rock (Racionais MCs), André Ramiro, Gabriel O Pensador e Kassin.

“O Sonoridades, assim como o Oi Futuro em Ipanema, é um palco para a celebração das misturas, de sons inovadores, de músicos que se arriscam e apontam outros caminhos”, diz Roberto Guimarães, diretor de Cultura do Oi Futuro, que celebra a terceira edição do festival a acontecer no espaço. “É nesse mesmo espírito e dentro desse mesmo conceito que o nosso centro cultural em Ipanema tem trabalhado, colocando-se como radar de tendências em diversos gêneros e estilos, firmando-se como lugar para o que há de mais contemporâneo na música. Além do Sonoridades, apresentamos outros festivais importantes, como o Levada Oi Futuro, o Novas Frequências e o Som de Março”.

Os shows do Sonoridades chegarão a todo o Brasil com o live streaming – transmissão gratuita via web – dos shows aos sábados, a partir das 21h, nos sites www.sonoridades.com.br e www.oifuturo.org.br. De segunda a quinta-feira de cada semana posterior às apresentações, os shows continuarão disponíveis nos mesmos sites. É o Sonoridades Replay, dando ainda mais chances de os shows serem assistidos por quem não puder ir ao Oi Futuro.

05/04 (sexta-feira): Black Alien + Edi Rock (Racionais MCs) + Flora Matos + André Ramiro

06/04 (sábado): Black Alien + Gabriel o Pensador + Flora Matos + André Ramiro (Transmissão Live Streaming)

“From hell to céu, quebrar barreiras. Comunicação na torre de babel.” Black Alien é um dos maiores talentos do rap nacional. No Planet Hemp, sua banda original, ou na carreira solo, sempre teve como marca as letras cheias de referências pops. Sua visão do mundo é de uma fina ironia. Este ano, depois de uma longa pausa na carreira, lança o segundo disco solo, “Babylon by Gus, volume 2”. Aos 40 anos, de Niterói , já colocou música nova na rede - "Pra quem a carapuça caiba”. No “Sonoridades”, tem encontro marcado com o rapper carioca Gabriel o Pensador que traz pitadas do seu recém lançado álbum SEM CRISE mas que já fazia barulho lá atrás em 1992 com “Tô Feliz (Matei o presidente)” um hit nas rádios nos anos 90 que fazia uma alusão ao impeachement de Fernando Collor e a indignação geral com as denúncias de corrupção no país. Black Alien convida também a brasiliense Flora Matos, umas das descoberta do hip hop e que já trabalhou com diversos DJs e MCs da cena pop nacional. Mas o show de Gustavo Black Alien também namora como o dub e é “ás” do freestyle. Seu outro convidado, André Ramiro ficou conhecido no Brasil depois de estrelar “Tropa de Elite”, mas o que muita gente desconhece é que além de ator, ele é um grande rapper de longa estrada - que no ano passado lançou seu primeiro álbum "Crônicas de um rimador"' - e neste ano grava seu primeiro DVD. O show ainda tem o reforço – e que reforço! - de Edi Rock, dos Racionais, que continua sendo um dos mais importante grupo de rap do Brasil. Firme e forte com a banda, também se prepara para lançar seu disco solo "Contra Nós Ninguém". “Um dos grandes nomes do hip hop brasileiro com o Planet Hemp, Gustavo Black Alien volta aos palcos cariocas com novas músicas mas o talento de sempre”, diz o curador Nelson Motta.

12/04 (sexta-feira): Daniel Jobim + Ed Motta + Maíra Freitas

13/04 (sábado): Daniel Jobim + Ed Motta + Maíra Freitas (Transmissão Live Streaming)

Famílias musicais têm filhos musicais. E a cada nova geração, a música se transforma. "Filhos" da bossa nova, do soul ou do samba, eles levam para o palco lindas sonoridades. Daniel - neto de Tom e filho de Paulo - cresceu escutando seu avô ao piano. Seu instrumento não poderia ser outro. Para Nelson Motta, ele é “um dos músicos mais talentosos de sua geração”. “Herdou do avô os fundamentos da melhor música brasileira e desenvolveu seu estilo entre o jazz, o pop e a MPB”, define o curador. Ed Motta, sobrinho de Tim Maia, é multiinstrumentista, intérprete, compositor e arranjador. Maíra Freitas, filha de Martinho da Vila, é pianista de formação clássica. Até que se descobriu uma cantora de samba. “É uma das melhores revelações da música brasileira com uma mão no clássico e outra no popular”, diz o curador. Serão noites que mostrarão que talento corre na veia e que também é hereditário.

19/04 (sexta-feira): Panamericana: Dado Villa-Lobos + Charles Gavin + Dé Palmeira + Toni Platão

20/04 (sábado): Panamericana: Dado Villa-Lobos + Charles Gavin + Dé Palmeira + Toni Platão (Transmissão Live Streaming)

A Panamericana é uma super novidade da cena carioca apesar de seus integrantes já terem escrito importantes capítulos da história do Rock Nacional. O guitarrista Dado Villa-Lobos (Legião Urbana), o baterista Charles Gavin (Titãs), o baixista Dé Palmeira (Barão Vermelho) e o cantor Toni Platão (Hojerizah) se encontraram e resolveram montar uma banda de rock. O objetivo: estreitar e fortalecer os vínculos culturais e musicais do Brasil com os países irmãos. Divulgando no Brasil, com versões em português, algumas das mais importantes canções do rock hispanoamericano. A banda está gravando seu primeiro disco e, nesta primeira etapa, o foco está nas músicas do cone-sul (Argentina, Chile e Uruguai) e com um repertório que inclui clássicos de artistas renomados como Spinetta, Fito Paez, Soda Stéreo, Sumo ou Charly García; assim como também músicas das novas gerações como La vela puerca, Mersey, No te va gustar ou Babasónicos. “Depois de brilharem nas melhores bandas de rock do Brasil, eles se encontram para uma celebração da música latina”, celebra Nelson.

26/04 (sexta-feira): Silva + Céu + Kassin

27/04 (sábado): Silva + Céu + Kassin (Transmissão Live Streaming)

Se você nunca ouviu falar em Silva... Nossa! Por onde você tem andado? Afinal, ele foi uma das grandes revelações do ano de 2012. Até o final de 2011, Silva era mais um menino fazendo gravações caseiras. Foi quando lançou um EP com cinco músicas e seu mundo nunca mais foi o mesmo. O disco - que foi mixado por Matt Colton (que trabalha com James Blake) - misturou a MPB com a manipulação eletrônica e fez o capixaba Lúcio da Silva Souza ser convidado para festivais e também gravar um novo disco, "Claridão" (Slap/Som Livre), com 12 faixas. Nos dois álbuns, além de cantar, tocou piano acústico, sintetizadores, percussão, guitarra, violino. Seu irmão Lucas dividiu autoria de algumas letras e músicas. “Com seu estilo elegante marcado pelos teclados e pelas melodias fluentes, ele faz a ponte entre o grande pop dos anos 80 e as novas sonoridades”, diz Nelson. No festival, Silva tem um encontro marcado com Kassin e Céu. São de outra geração, mas buscam sonoridades parecidas. Kassin joga em três posições: é baixista, tem carreira solo e é um dos mais criativos produtores da atualidade (quem é que não se surpreendeu com "Recanto"' da Gal ?). E Céu é mais do que uma cantora, Céu é uma musa – a musa do Sonoridades III. Seus discos de musicalidade viajante garantem shows lotados em casas no Brasil e pelo mundo afora.

Retrospectiva Sonoridades

Todos os domingos de abril - às 19h - no teatro do Oi Futuro em Ipanema - serão exibidos os 4 shows do “Sonoridades I” – com entrada franca - senha na bilheteria do teatro com uma hora de antecedência.

Episódio 01: Seu Jorge & Almaz

Episódio 02: Cibelle + Arto Lindsay + La Shark + Wladimir Gasper

Episódio 03: Lucas Santtana + Arnaldo Antunes + Karina Buhr + João Brasil

Episódio 04: Sílvia Machete + Erasmo Carlos + Domenico Lancellotti + Marcelo Lobato

Sobre o Oi Futuro

O Oi Futuro é o instituto de responsabilidade social da Oi, que emprega novas tecnologias de comunicação e informação no desenvolvimento de projetos de educação, cultura, esporte, meio ambiente e desenvolvimento social. Desde 2001, suas ações visam democratizar o acesso ao conhecimento e reduzir distâncias geográficas e sociais, com especial atenção à população jovem.

Na educação, os programas NAVE e Oi Kabum! usam as tecnologias da informação e da comunicação, capacitando jovens para profissões na área digital, fornecendo conteúdo pedagógico para a formação de educadores da rede pública, e fomentando o desenvolvimento de modelos inovadores. Já na área cultural, o Oi Futuro mantém dois espaços culturais no Rio de Janeiro (RJ) e um em Belo Horizonte (MG), com programação nacional e internacional de qualidade reconhecida e apreços acessíveis, além do Museu das Telecomunicações nas duas cidades.

O esporte é apoiado através de projetos aprovados pelas Leis de Incentivo ao Esporte, tendo sido a Oi a primeira companhia de telecomunicações a apostar nos projetos socioeducativos inseridos na Lei Federal. O programa Oi Novos Brasis completa seu escopo de atuação, reafirmando o compromisso do Instituto no campo da sustentabilidade, com o apoio e o desenvolvimento de parcerias com organizações sem fins lucrativos para a viabilização de ideias inovadoras que utilizem a tecnologia da informação e comunicação para acelerar o desenvolvimento humano.

SERVIÇO

SONORIDADES

Teatro do Oi Futuro em Ipanema

Endereço: Rua Visconde de Pirajá, 54 – Ipanema

Horário: 21h

Preços: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia entrada)

Classificação etária: 14 anos

Vendas: A partir da terça-feira da semana de cada espetáculo, na bilheteria do Oi Futuro em Ipanema, que abre às 15h e no http://www.ingressorapido.com.br/

Telefone: (21) 3201 3010

Site: www.oifuturo.org.br/cultura/oi-futuro-ipanema

Oi Futuro
Fonte Oi Futuro 05/04/2013 ás 18h

Compartilhe

Terceira Edição do Sonoridades no Oi Futuro tem novos encontros