Tecnologia contra o desperdício

Fonte Literato Comunicação e Conteúdo 18/03/2013 às 15h

Otimização matemática garante economia para empresas de todos os segmentos

Diminuição de custos de distribuição, economia de 6 a 10% no envio de produtos e mais de 20% de melhoria na eficiência do processo logístico. Esse é o resultado da aplicação de soluções de otimização matemática em uma empresa global com operação em 35 países. No caso, relatado pela IBM, a maior necessidade era reduzir os gastos com o transporte por caminhões na América Latina. Com a otimização aplicada à logística, esta empresa conseguiu padronizar o processo de planejamento e diminuir seus custos.

A redução de custos, assim como acabar com desperdícios e aumentar a eficiência operacional, é busca constante para as empresas de qualquer setor, seja na área logística ou não. Nesse aspecto, a tecnologia da informação tem se mostrado grande aliada, pela possibilidade de acesso a informações e cálculos exatos de maneira rápida, permitindo soluções personalizadas e otimizando resultados. “Graças aos avanços tecnológicos que melhoraram o desempenho dos computadores e também dos avanços teóricos da matemática e engenharia, a tecnologia da informação tornou-se uma grande parceira da otimização”, afirma Amit Shani, CTO da eWave do Brasil.

A otimização matemática é um processo dividido em três partes: modelagem, implementação e implantação. A modelagem é a fase em que um matemático entende o processo de negócio que precisa passar por mudanças e, então, desenvolve um conjunto de expressões e fórmulas que representa matematicamente esse processo. “Na implementação, esse modelo matemático – desenvolvido especialmente para o processo em questão – é transportado para o computador. Nessa fase são feitos vários testes que confrontam o modelo com a realidade, em busca de falhas”, explica Amit. Por fim, a implantação é feita: a implementação realizada na fase anterior é integrada ao sistema da empresa, conectando-o aos usuários e às bases de dados.

Pronta para ser utilizada a otimização matemática tem um papel muito importante dentro das empresas. Além de melhorar os processos operacionais, diminuir custos e reduzir desperdício, a solução contribui para organizar dados e informações. “Como a integração, armazenamento e comunicação de dados sempre são necessários, no desenvolvimento das soluções de otimização matemática podem ser encontrados pontos suscetíveis a falhas e perda de informações. Assim, as empresas têm a oportunidade de resolver problemas antes que eles possam resultar em prejuízos maiores.”

A otimização, hoje facilitada pela tecnologia, já é utilizada desde a Segunda Guerra Mundial aplicada à logística, quando os alemães planejavam o movimento de suas tropas para serem mais efetivos em combate. Atualmente, as aplicações são inúmeras e passam despercebidas no nosso cotidiano. “A sincronização dos semáforos das grandes avenidas e cruzamentos, levando em consideração a movimentação de determinadas horas do dia, é um dos exemplos da otimização matemática aplicada à logística. Assim, como o planejamento de escalas de funcionários, cálculo de rotas e controle de tráfego tanto aéreo quanto ferroviário ou rodoviário”, exemplifica Amit.

Outra aplicação bastante relevante é o controle de estoque, que pode ser de dinheiro em espécie nos bancos ou até mesmo medicamentos em hospitais. “Na área da saúde – ou mesmo alimentação e varejo – a otimização matemática diminui desperdícios de produtos perecíveis no estoque, calculando desde a quantidade que precisa ser adquirida de cada produto – com base na utilização – até a prioridade de utilização, considerando a data de validade.” Também são considerados preços, demanda por região, condições específicas de armazenamento, prazos de validade curtos e distintos, formas de distribuição, políticas de controle, escassez de determinados produtos, entre outros fatores.

Já em casos de materiais não-perecíveis, como no caso de dinheiro em banco, a demanda média, as possibilidades de estoque e as formas de distribuição são alguns dos fatores levados em consideração para otimizar o processo. “Saber de fato o quanto se precisa e quando se precisa é fundamental para um cálculo preciso de entregas ou compras. Para bancos, por exemplo, a otimização significa solicitar a quantidade correta de dinheiro de acordo com a demanda de seus clientes e não precisar pagar mais taxas extras pelo transporte.”

Sobre a eWave

A eWave é uma empresa provedora de soluções de Tecnologia da Informação, especialista em desenvolvimento, implantação e de integração de sistemas. Fundada em 1999, a eWave tem sede em Israel e operações nos Estados Unidos, Europa e América do Sul. No Brasil, atua desde 2006 e possui escritórios em Curitiba (PR), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Rio de Janeiro (RJ).

 

Literato Comunicação e Conteúdo
Fonte Literato Comunicação e Conteúdo 18/03/2013 ás 15h

Compartilhe

Tecnologia contra o desperdício