Técnicos auxiliam consumidores na hora da compra do pescado

Fonte Agência Brasil 27/03/2013 às 15h

 

Rio de Janeiro – Para orientar o consumidor na escolha do pescado, a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional, em parceria com a Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj), promove de hoje (27) a sexta-feira (29) a campanha "De Olho no Peixe". A iniciativa foi desenvolvida para o feriado da Semana Santa, quando a venda de frutos do mar chega a dobrar, na comparação com o restante do ano.

Funcionários da secretaria estão distribuindo folhetos e adesivos informativos e ajudando a conscientizar a população. O secretário de Desenvolvimento Regional, Felipe Peixoto, falou sobre a ajuda na hora da compra. “Primeiro, queremos conscientizar a população para o consumo do pescado. Estamos ajudando também os consumidores a distinguir os peixes, e ensinando os benefícios que eles podem trazer. Estamos dando apoio ao consumidor no que for preciso no ato da compra”.

A campanha quer incentivar o consumo de peixe durante todo o ano, não apenas na Semana Santa. “Peixe é saudável e tem várias vitaminas. Temos que incentivar o seu consumo no nosso país, mas não apenas na Semana Santa”. Paralelamente, técnicos da Fiperj explicam as melhores formas de se avaliar o aspecto dos pescados no momento da compra, como explica a pesquisadora de Tecnologia de Pescados, Flávia Calixto:
“Os aspectos que devem ser observados são os olhos para ver se estão transparentes, se a coloração está brilhante, a musculatura deve estar firme e as guelras vermelhas. Estamos distribuindo folders que explicam como comprar o peixe fresco. Em cada região que estamos atuando, tem receitas diferentes, variando com o peixe mais produzido”.

Cerca de 70 funcionários de ambas as instituições participam da ação, nos principais mercados de peixe do estado: Mercado São Pedro, em Niterói; Mercado Produtor da Barra da Tijuca e Peixaria Z; Mercado do Peixe, em Angra dos Reis; Mercado Municipal de Peixes; em Macaé; Mercado Público, Mercado Municipal do Peixe e Mercado de Peixes, na região litorânea.

No ano passado, foram produzidas cerca de 90 mil toneladas de pescado em todo o estado. Um estudo feito pela Fiperj constatou que a cidade de Niterói, na região metropolitana, foi o principal ponto de desembarque no Rio, com 35% da produção total, aproximadamente 32 mil toneladas.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 27/03/2013 ás 15h

Compartilhe

Técnicos auxiliam consumidores na hora da compra do pescado