Taxa de desemprego na zona do euro mantém recorde de 12%

Fonte Ansa flash 02/04/2013 às 9h

Dados divulgados mostram que mais de 19 milhões de pessoas estão sem trabalho na Europa

BRUXELAS, 2 ABR (ANSA) - No mês de fevereiro o desemprego na zona do euro manteve o recorde de 12%, no qual mais de 19 milhões de pessoas continuam sem trabalho. As informações foram divulgadas pelo Eurostat, responsável pelos dados estatísticos da União Europeia, que em janeiro previu uma queda para 11,9%, mas que foi corrigida para os 12%. Em fevereiro de 2012, a taxa de desemprego na zona do euro era de 10,9%. Nos últimos 12 meses a taxa teve um crescimento superior a 1%. Os países que apresentam pior índice de desemprego são a Grécia (26,4%), Espanha (26,3%, recorde no país) e Portugal (17,5%). Já os países que apresentam as menores taxas de desemprego são Austria (4,8%), Luxemburgo (5,5%) e Holanda (6,2%). Entre os jovens, o índice de desemprego teve uma queda de 0,1%, passando de 24% em janeiro para 23,9% em fevereiro. Quando se trata de jovens a Espanha tem a maior taxa com 55,7%. Para o comissário europeu para o Trabalho, Laszlo Andor, a nível recorde de desemprego na região é "inaceitável" e é "uma tragédia para a Europa". O Comissário pede a implementação da "Garantia para a Juventude" como uma ferramenta para reduzir o desemprego juvenil.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 02/04/2013 ás 9h

Compartilhe

Taxa de desemprego na zona do euro mantém recorde de 12%