Suspeito de atentado em Boston é enterrado

Fonte Agência Lusa 09/05/2013 às 20h

Nova Iorque - Tamerlan Tsarnaev, um dos dois suspeitos do atentado à bomba de Boston (estado de Massachusetts) acontecido no mês passado e que morreu ao tentar fugir da polícia, foi enterrado, divulgou hoje a polícia local. “Como resultado do nosso apelo à ajuda pública, uma pessoa cheia de compaixão e de coragem manifestou-se e forneceu a ajuda necessária para enterrar nas devidas condições o defunto”, disse a polícia de Worcester, em Massachusetts, não especificando onde o corpo de Tamerlan Tsarnaev foi sepultado.

No início deste mês, as autoridades de Cambridge, cidade onde vivia Tamerlan há vários anos, assumiram publicamente que recusavam enterrar o suspeito. "Os difíceis e tensos esforços dos moradores de Cambridge para voltar a ter uma vida pacífica seriam afetados pela agitação, os protestos e a presença generalizada dos meios de comunicação no enterro", disse o presidente da Câmara de Cambridge, Robert Healy, em um comunicado.

Até ao início desta semana, nenhum cemitério localizado em Massachusetts queria enterrar o corpo de Tamerlan Tsarnaev, morto a 18 de abril. “O seu corpo não está mais na cidade de Worcester e foi sepultado”, disse a polícia, que recusou-se a dar mais detalhes sobre a pessoa que aceitou fornecer a assistência necessária para o enterro.

Tamerlan Tsarnaev, de origem chechena, morreu três dias depois do atentado durante um tiroteio com a polícia. Um agente da polícia também morreu durante a troca de tiros. Segundo o relatório oficial, Tarmelan morreu em consequência de ferimentos de bala no tronco e membros e diversos traumatismos, incluindo craniano.

O corpo de Tamerlan, de 26 anos, foi posteriormente depositado em uma agência funerária em Worcester, nos subúrbios de Boston. Manifestantes protestaram diante da funerária com bandeiras dos Estados Unidos e cartazes que exigiam o envio do corpo para a república russa do Daguestão, onde o suspeito residiu durante um tempo.

No dia 15 de abril, as duas explosões acontecidas na chegada da tradicional maratona de Boston deixaram três mortos e cerca de 280 feridos. O outro envolvido no atentado, o irmão mais novo de Tamerlan, Dzhokhar Tsarnaev, de 19 anos, está sob custódia policial, tendo sido acusado de usar uma arma de destruição em massa e do crime de destruição de propriedade com uso de explosivos e pode ser condenado à morte.

Agência Lusa
Fonte Agência Lusa 09/05/2013 ás 20h

Compartilhe

Suspeito de atentado em Boston é enterrado