SUPERLIGA MASCULINA 12/13: RJX vence o Sada Cruzeiro e conquista o título da competição

Fonte Assessoria de Comunicação - CBV 14/04/2013 às 18h

 

Foto da notícia

RJX comemora o primeiro título da Superliga da história da equipe

 

RIO DE JANEIRO, 14.04.2013 – Líder da fase classificatória, o RJX (RJ) manteve a boa sequência nos playoffs e, neste DOMINGO (14.04), conquistou o título de campeão da Superliga masculina de vôlei 12/13. Na final, o time carioca derrotou o Sada Cruzeiro (MG), de virada, por 3 sets a 1 (16/25, 25/18, 25/18 e 25/14), em 1h49 de jogo, realizado em um dos principais palcos do vôlei brasileiro: o Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ), diante de 11 mil pessoas.

O oposto Theo e o ponteiro Thiago Alves foram as principais armas do RJX na vitória deste domingo. O primeiro foi o maior pontuador, com 19 acertos, e o segundo foi eleito o melhor da partida e recebeu o Troféu VivaVôlei. Mas o técnico do time campeão, Marcelo Fronckowiak, destaca a força do grupo como fator principal na conquista do resultado positivo.

“Hoje foi decisivo manter a cabeça no lugar depois do que aconteceu no primeiro set. Conseguimos esperar que reproduzíssemos o que foi feito na temporada inteira. Antes estava muito difícil de jogar e a partir do segundo set houve uma mudança e o jogo começou a encaixar para todo o nosso time. A partir daí o jogo fluiu”, explicou Fronckowiak, que conquista seu segundo título de Superliga como técnico.

Carioca, o líbero Mário Júnior foi um dos que mais festejou a conquista do título em casa após 32 anos sem que nenhum time do Rio de Janeiro subisse ao lugar mais alto do pódio.

“Eu tinha um sonho desde os 11 anos, quando eu comecei a jogar vôlei, e agora realizei. Assistia a outras equipes do Rio, como Olympikus, que era uma equipe muito forte, e eu sempre sonhava representar a minha cidade e conquistar um título de Superliga. Já tive a oportunidade de ser campeão pela equipe de Florianópolis (SC), mas essa conquista de hoje é muito especial por estar vestindo a camisa de onde eu comecei a jogar vôlei”, disse Mário.

Pelo lado do Sada Cruzeiro, o treinador Marcelo Mendez lamentou a derrota da equipe cruzeirense, mas fez questão de enaltecer a boa temporada do time celeste.

“Começamos muito bem o jogo, depois caímos de produção. O bloqueio do RJX foi muito eficiente. Temos que parabenizar a equipe deles, que soube reverter a situação do jogo após o primeiro set. Agora temos que trabalhar ainda mais para voltarmos mais fortes para o próximo ano”, disse Marcelo Mendez.

O JOGO

O central Lucão abriu o jogo com ponto a favor do RJX. O Sada Cruzeiro devolveu e passou à frente em 3/2. No bloqueio, o time mineiro aumentou a vantagem para 7/4. Depois, no ace do central Rogério, a equipe cruzeirense fez 9/5. Seguindo bem no bloqueio, o Sada Cruzeiro continuou no comando do marcador (15/8). O time carioca não conseguia parar o poderio de ataque do adversário. Depois de uma bola bastante disputada, o ponteiro Filipe botou no chão e levou o Sada Cruzeiro a 10 pontos de vantagem: 21/11. E, sem muita dificuldade, os mineiros fecharam o set em 25/16.

Lucão foi o escolhido pelo levantador Bruninho para abrir novamente o segundo set. Com o ponteiro Dante no saque, o time carioca ainda abriu 3/0. Com bom desempenho no bloqueio, o RJX seguiu na frente e fez 6/2. Diferente do primeiro set, o time do Rio de Janeiro dominava a parcial e, no bloqueio do oposto Theo, fez 11/6. O Sada Cruzeiro não permitia que o adversário escapasse no placar e esse aproximou em 12/9. Bruninho pontuou no bloqueio e o time carioca fez 15/11. Com dois bloqueios consecutivos, o RJX aumentou a diferença no placar para seis pontos: 18/12. Wallace marcou bem o ataque adversário e, também no bloqueio, fez 18/14. Desta vez, o RJX levou a melhor e, no ace do ponteiro Thiago Alves, fechou em 25/18.

Após a vitória na segunda parcial, o RJX começou bem na terceira e, com o central Lucão no saque, fez 3/1. Mas o Sada Cruzeiro não se abateu e, no ponto direto de saque do oposto Wallace, deixou tudo igual em três pontos. O set foi mais equilibrado, mas, no bloqueio de Lucão, o time carioca abriu três de vantagem: 9/6. O paredão do RJX seguiu eficiente e, com Lucão inspirado também no saque, fez 15/9. A equipe do Rio de Janeiro comandou o placar até a reta final do set, quando fez 21/14. Mais uma vez com Thiago Alves, o RJX fechou o set em 25/18.

Em vantagem no placar, o time carioca começou melhor também no quarto set e, contando com erros do adversário, logo abriu 6/2. Nesse momento, o técnico do Sada Cruzeiro, Marcelo Mendez, pediu tempo. Dante bloqueou e o time carioca fez 10/4. Logo depois, o ponteiro marcou ponto de saque e fez 13/6. Com o apoio da torcida, o RJX imprimiu um ritmo forte mais uma vez e, contando com boa atuação de todo o grupo, fez 19/10. Com ataques potentes do oposto Theo, o RJX abriu 10 de vantagem em 22/12. E foi no ace de Theo que o RJX fechou o jogo em 25/14 e conquistou o título de campeão.

EQUIPES

RJX – Bruno, Theo, Lucão, Riad, Thiago Alves e Dante. Líbero – Mário Júnior

Entraram – Guilherme, Paulo Victor e Ualas

Técnico: Marcelo Fonckowiak

SADA CRUZEIRO – William, Wallace, Douglas Cordeiro, Rogério, Filipe e Leal. Líbero – Serginho

Entraram – Maurício, Daniel e Sanchez

Técnico: Marcelo Mendez

MELHORES DA COMPETIÇÃO

Melhor saque – Lucão (RJX)

Melhor recepção – Murilo (Sesi-SP)

Melhor defesa – Serginho (Sada Cruzeiro)

Melhor bloqueio – Maurício (Vivo/Minas)

Melhor levantador – William (Sada Cruzeiro)

Melhor atacante – Leal (Sada Cruzeiro)

GALERIA DE FOTOS

http://www.cbv.com.br/v1/imprensa/abrir.asp?id=1596

Assessoria de Comunicação - CBV
Fonte Assessoria de Comunicação - CBV 14/04/2013 ás 18h

Compartilhe

SUPERLIGA MASCULINA 12/13: RJX vence o Sada Cruzeiro e conquista o título da competição