Stop Play Moon, agora uma dupla, lança novo disco

Fonte Agência Lema 02/04/2013 às 9h

Stop Play Moon, agora uma dupla, lança novo disco

Geanine Marques e Paulo Bega apostam na sonoridade eletrônica para a nova fase

São Paulo, abril de 2013 – Nova formação. Novo álbum. Nova sonoridade. O Stop Play Moon, formado em 2007 por Geanine Marques (vocal e composições) e Paulo Bega (sintetizadores e produção), prepara o lançamento de seu novo disco, agora bem mais eletrônico, recheado de analogue synths, poderosos beats e sons experimentais, com referências da disco music e sonoridades 80’s como o new wave, o pós punk e o industrial. Com participação confirmada no festival Lollapalooza 2013, o SPM deve colocar seu disco homônimo para download em 120 pontos de venda online como Itunes, Amazon, Spotfy e outros, pelo selo Reco Head, sob o custo de U$D 0,99 por faixa. E, pela marca Ellus, serão distribuídas 250 cópias em vinil.

Com a saída dos elementos acústicos do primeiro trabalho, o Stop Play Moon encontrou um caminho natural para mesclar a melodia da voz característica de Geanine, ora soturna e sexy, ora pop, com as poderosas sequências de beats e sintetizadores analógicos utilizados por Paulo, trazendo certo frescor à cena eletrônica nacional. As faixas deste álbum – nove ao total – podem funcionar como uma bomba na pista de dança, como as tracks Little Joy e Teardrops, que aparecem como as primeiras músicas de trabalho e outras, como Here We Go e On The Radio, ecoam por uma atmosfera mais ambient ou dark. As letras das canções, todas compostas por Geanine, são permeadas pelas relações interpessoais como objeto de inspiração, sem nenhuma história individual clara, mas sim com situações sentimentais ordinárias.&nb sp;

A produção do álbum ficou por conta do britânico Nick Graham e coprodução de Bruno Palazzo. Toda a mixagem do disco foi deita de forma analógica e ele foi masterizado no estúdio The Exchange, em Londres, um dos mais importantes do mundo, que tem em seu currículo trabalhos recentes de finalização para artistas como Hot Chip, Cassius, Justice, Kindness etc. As fotos de divulgação e de capa desse novo trabalho são do fotógrafo Tinko Czetwertynski, e a produção das fotos, assim como o stylist da dupla, são assinadas por Daniel Raad.

Sobre o Stop Play Moon:Geanine Marques, cantora, é modelo, atriz e inspiração confessa do estilista Alexandre Herchcovitch. Paulo Bega, sintetizadores e produção, montou sua história na fotografia e mergulhou fundo nas notas musicais e melodias após um intensivo em produção de áudio. Hoje vive da fotografia e da produção musical.

Antes de lançar o primeiro disco, o Stop Play Moon realizou sua primeira turnê pela Europa, com performances em cidades como Paris e Londres. Também participaram do festival Motorola Motomix, em julho de 2008, em São Paulo. Em outubro do mesmo ano, a banda foi convidada para abrir a tour do grupo franco-belga Vive La Fête, com shows no Rio de Janeiro e São Paulo. Também já abriram para o duo The Golden Filter de Nova York, a dupla francesa Miss Kittin & The Hacker e para o quarteto alemão The Whitest Boy Alive, além de participarem do Oi Fashion Rocks no Rio de Janeiro e do Festival Eletronika, em Belo Horizonte e tocarem na segunda edição do festival Lollapalooza em São Paulo. O Stop Play Moon foi uma das bandas participantes do Levis’s Music, concurso entre novos talentos da nova música brasileira, concorreu ao 17° Prêmio Multishow na categoria Experimente e arrebataram o terceiro lugar como Melhor Show Nacional, pelo Guia da Folha de S. Paulo em 2009.

As músicas, fotos, shows e outras informações do Stop Play Moon podem ser encontrados no site http://www.stopplaymoon.com/, no Soundcloud http://soundcloud.com/stopplaymoon ou na fanpage do Facebook http://www.facebook.com/pages/STOP-PLAY-MOON

Faixa-a-faixa:

01 – Little JoyA faixa que abre o disco é a mais dançante, perfeita para a pista. Com ela já se tem um primeiro vislumbre da nova proposta do Stop Play Moon com suas batidas eletrônicas 4X4 e sintetizadores analógicos. O vocal rasgado de Geanine, com bastante influência do electroclash, é imprescindível para dar movimento à faixa. A cada elevação de voz é como se o ouvinte sentisse uma nova catarse.

02 – Dance CityEm Dance City, Paulo Bega se arrisca nos vocais pela primeira vez nesta que é a única faixa do álbum cantada por ele ao lado de Geanine. Propõem-se um clima sombrio e atmosférico, que de certa forma lembra algo do neo-synth australiano e influências do new wave.

03 – TeardropsTeardrops também foi produzida com o pé na pista de dança. O ambiente sensual e hipnótico criado pelo vocal de Geanine envolve o ouvinte, misturado com a batida marcante e o bassline acentuado.

04 – Someone NewCom a mistura de uma batida que remete ao synthpop de bandas, como Depeche Mode, e uma sequência de sons analógicos que pontuam toda a música, essa track cria um ambiente sonoro totalmente onírico, sonoridade que lembra uma distorção fantasmagórica. Someone New remete à era do new romantic, com pitadas de gótico.

05 – DistortionsReferência rasgada ao eletrônico pós-punk, Distortions tem uma batida rápida e quebrada, com o bassline grave ao fundo e o vocal de Geanine lembrando muito as divas dos anos 80 ou mesmo algo mais moderno como Goldfrapp. Sente-se uma mistura do glam rock com um industrial bem abafado.

06 – On the RadioNessa faixa, a influência da geração da música surgida no Brooklyn por volta de 2009, como Telepathe, Chairlift, Class Actress, é forte, bem como uma geração anterior - The Knife e Gossip. Com On The Radio, o Stop Play Moon parece conseguir sintetizar uma fase muito importante do cenário alternativo recente, uma atmosfera em que o industrial alemão e o dark juntam-se à toda a feminilidade e suavidade da voz de Geanine.

07 – Here We GoAqui, as batidas quebradas, com um groove característico, linha de baixo e sintetizadores sequenciados e o vocal quase sussurrado de Geanine, dão um clima sexy e envolvente na música. Há uma atmosfera esvoaçante, fluida e esfumaçada, sentindo certa influência marcante da fase moderna de Madonna sobre o duo.

08 – HunterComo o próprio nome já diz, é a música do caçador que, perdido em seu sonho, guia o ouvinte nessa caçada. Há clima de assombração, principalmente pelo BPM desacelerado e por elementos e distorções que remetem ao trip hop e ao downtempo. No final, com o total envolvimento, o ouvinte fica estupefato por ter sido a presa.

09 – DrunkA última faixa do álbum já abre com uma pegada 8-Bit, transformando-se em um electro dançante, abusando de diversos efeitos sonoros, sintetizadores e vocal melódico. Aqui, Geanine mostra todo o seu talento vocal, mais depurado e moderno.

Ficha Técnica:

Geanine Marques
Vocal e letras

Paulo Bega
Produtor e sintetizadores

Nick Graham - Smith
Produtor

Bruno Palazzo
Co-produtor

Rodrigo Belotto
Designer multimídia

Mauricio Ianês
Designer gráfico

Daniel Raad
Stylist

Tinko Czetwertynski
Fotógrafo

Selo: Reco Head
http://www.recohead.com.br

Distribuidora: Tratore
http://www.tratore.com.br

www.stopplaymoon.com

Agência Lema
Fonte Agência Lema 02/04/2013 ás 9h

Compartilhe

Stop Play Moon, agora uma dupla, lança novo disco