Stephanes diz que não há nenhuma possibilidade de aumento do preço do pão

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, afirmou hoje (21) que não há “absolutamente nenhuma possibilidade de haver aumento do preço do pão” no país. Em audiência pública na Câmara dos Deputados, o ministro afirmou que o preço atual do pão “se estabeleceu quando o trigo estava com o preço quase o dobro do atual”.

Segundo ele, o valor atual do pão foi fixado quando o preço mínimo da tonelada de trigo estava em R$ 750. Atualmente, o valor é de R$ 530. “E o preço do pão não caiu. O custo do trigo no pão é de menos de 10%. Temos que tomar cuidado quando se trata desses números e de que haverá imediatamente uma influência no preço do pão”, disse.

Ele acrescentou que não é a ação do governo vai fazer com que o preço do pão aumente. “O governo vai tentar controlar no sentido que haja abastecimento [de trigo] e preço adequado no mercado”, afirmou.

O ministro lembrou que o setor de trigo foi afetado por problemas no clima, com excesso de chuva na colheita. “Em consequência a produtividade e a qualidade do trigo caíram muito. Evidentemente, além disso, também existem imperfeições [para serem corrigidas] ao longo da cadeia, da produção até a comercialização.”

Segundo ele, é preciso que a indústria informe ao governo as quantidades de trigo em estoque para que seja estabelecida uma política. “Sem esse dado é muito difícil se estabelecer algumas diretrizes e mesmo a integração entre toda a cadeia”, disse o ministro.

De acordo com Stephanes, há três problemas a serem enfrentados. O primeiro é a entrada de trigo no país, sem que se saiba quais são os estoques no Brasil. O segundo é a comercialização do trigo do ano passado e deste ano. “Temos uma outra questão que é o trigo que perdeu muita qualidade e que não serve nem para massas nem para pão e que possivelmente terá que ser destinado à ração animal. E temos que ver como podemos entrar para sustentar a comercialização desse trigo, já que ele perde muito valor”, acrescentou.
Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Stephanes diz que não há nenhuma possibilidade de aumento do preço do pão