Sonora decreta estado de emergência após passagem de Jimena

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O estado mexicano de Sonora decretou estado de emergência em 12 de seus municípios, devido às chuvas da tempestade tropical Jimena, que causou grandes prejuízos ao país e deixou um morto em Baixa Califórnia Sul.

Jimena, que perdeu força nas últimas forças e passou de furacão a tempestade tropical, permanecia na noite de ontem no golfo da Califórnia, segundo informou o Serviço Meteorológico Nacional em seu último balanço.

Em Guaymas, cidade com mais de 100 mil habitantes, cerca de mil pessoas tiveram que se refugiar em abrigos e pelo menos 200 famílias constataram graves danos em suas residências. O município registrou também um acumulado de 491,7 milímetros de chuva, o que não ocorria há 37 anos.

Enchentes, bloqueios de estradas, queda do serviço de energia elétrica e falta de comunicação entre as cidades foram alguns dos danos deixados pela tempestade em Sonora.

Já em Baixa Califórnia Sul, uma pessoa morreu ontem por não conseguir sair de sua casa, que foi inundada. A vítima, identificada por Rafael Cuesta, tinha 75 anos e se recusou a deixar a residência quando os agentes realizavam operações de evacuação na localidade.

De acordo com as mesmas autoridades, o nível de água em Baixa Califórnia Sul já ultrapassou os dois metros de altura, acima da marca do furacão John, que passou pelo país em 2006 e também causou grandes estragos.

Além de Sonora e Baixa Califórnia Sul, Jimena -- o primeiro furacão da atual temporada no Pacífico mexicano -- também passa pelos estados de Sinaloa, Chihuahua e Durango.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Sonora decreta estado de emergência após passagem de Jimena