Sob onda de violência, presidente de Honduras troca ministro da Segurança

Fonte Agência Brasil 16/04/2013 às 19h

 

Brasília – Em meio à onda da violência em Honduras, o presidente hondurenho, Porfirio Pepe Lobo, trocou o titular do Ministério da Segurança. Lobo retirou Pompeyo Bonilla, que foi nomeado para outra função no governo, e designou o atual ministro das Relações Exteriores, Arturo Corrales, para o cargo. Bonilla deixou o posto sob críticas do Congresso Nacional de ineficiência.

Corrales assumirá o Ministério da Segurança no próximo dia 1º. Já Bonilla assumirá como novo secretário particular do presidente da República, substituindo Reynaldo Sánchez. Sánchez voltará para o Congresso Nacional como deputado eleito pelo departamento (estado) de Olancho.

Pelos dados de organizações não governamentais, o índice de homicídios em Honduas chega a 85,5 para cada grupo de 100 mil habitantes. Segundo o Observatório da Violência da Universidade Nacional Autônoma de Honduras, durante a gestão de Bonilla, que assumiu em setembro de 2011 o cargo, houve mais de 11 mil homicídios no país.

Ao ser cobrado por parlamentares sobre sua atuação, Bonilla reconheceu não ter feito avanços no combate à corrupção, às drogas e ao enriquecimento ilícito.

* Com informações da Prensa Latina

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 16/04/2013 ás 19h

Compartilhe

Sob onda de violência, presidente de Honduras troca ministro da Segurança