Simpósio Internacional transmite sete cirgurgias ao vivo no Hospital Samaritano de SP

Fonte Editor Web 01/04/2013 às 7h

O encontro apresentou novas técnicas de cirurgia da coluna

Especialistas de todo o Brasil e exterior estiveram reunidos nos últimos dias 22 e 23 de março, no Hospital Samaritano de São Paulo, para participar do X Siminco - Simpósio Internacional de Cirurgia Minimamente Invasiva de Coluna. Com o tema "Dez Anos Promovendo a Cirurgia Minimamente Invasiva no Brasil: As Conquistas e os Desafios", o evento discutiu os avanços no País e traçou os objetivos e metas para difundir este tipo de procedimento para toda população.

Além de palestras, o Simpósio contou com a transmissão de sete cirurgias ao vivo realizadas por médicos do Grupo de Cirurgia Minimamente Invasiva de Coluna do Hospital Samaritano de São Paulo e dois convidados internacionais - o coreano Jun Ho Lee e o chileno Álvaro Dowling.

Das sete cirurgias realizadas, cinco foram para tratamento de hérnia discal e degeneração discal e duas foram para tratar estenose de canal vertebral. Das sete cirurgias, apenas uma foi feita com anestesia geral. Todos os sete pacientes tiveram apenas um dia de internação e não foram registradas complicações em nenhum dos casos.

As cirurgias minimamente invasivas são menos agressivas e mais eficazes, reduzem os riscos de lesões, as incisões são menores e a anestesia é local (na grande maioria dos casos). Com a técnica, o procedimento cirúrgico tem redução de 50% no tempo e 30% na internação.

"A tendência no Brasil, e no mundo, é de que, no futuro, todas as cirurgias serão realizadas por técnicas minimamente invasivas, até mesmo no sistema público, porque é mais digno e mais barato", afirma Pil Sun Choi, presidente do WFMISS (Federação Mundial de Cirurgia Minimamente Invasiva de Coluna), coordenador do SIMINCO e especialista do Núcleo de Ortopedia do Hospital Samaritano.

Para Pil Sun Choi, a realização deste evento foi um marco na história da cirurgia minimamente invasiva no Brasil. "Foi a primeira vez que tivemos a parceria de um hospital de ponta e de alta tecnologia nessa área. Queremos que este modelo, que estamos adotando no Hospital Samaritano, seja replicado em todo o país, seja na rede privada ou pública com a realização de procedimentos com a mínima agressão, rápida recuperação e menos complicação", afirma o especialista.

O X Simpósio Internacional de Cirurgia Minimamente Invasiva de Coluna foi organizado pelo Hospital Samaritano, pelo Grupo de Cirurgia Minimamente Invasiva do Hospital Samaritano, pelo Comitê de Cirurgia Minimamente Invasiva (CCMI) da Sociedade Brasileira de Coluna (SBC) e pelo IOT - Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas - FMUSP.

Editor Web
Fonte Editor Web 01/04/2013 ás 7h

Compartilhe

Simpósio Internacional transmite sete cirgurgias ao vivo no Hospital Samaritano de SP