Servidores federais podem entrar em greve no dia 10 de novembro

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
A dificuldade de acordos entre o governo federal e os representantes dos servidores públicos pode causar greve em todos o serviço público federal a partir do dia 10 de novembro. A principal reivindicação da categoria é o cumprimento de acordos para melhorar a estrutura remuneratória para 2010.

Em entrevista ao Programa Revista Brasil, da Rádio Nacional, o diretor da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Coondsef), Sergio Ronaldo Silva, afirmou que vem, com ajuda da Centra Única dos Trabalhadores (CUT), tentando uma conversa com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, porém ainda sem sucesso.

“A CUT tem buscado uma audiência com o ministro para a gente retomar esses temas que achamos que foram descumpridos, e o ministro não tem dado resposta”, disse Sergio.
Para o diretor do Consdsef, as dificuldades de negociação enfrentadas pela categoria não deixa outra alternativa que não seja a mobilização como a que está sendo feita ontem (15) e hoje (16), na qual os servidores federais paralisaram as atividades por 48 horas.

Sergio disse ainda que deve ser feita uma plenária-geral no próximo dia 24 e, caso não haja negociação, a categoria vai entrar em greve a partir do próximo mês. “Não é bom fazer greve, mas diante do recuo do governo com relação a toda essa situação, infelizmente não teremos outra alternativa.”
Segundo o Consef, ontem servidores federais de 19 estados realizaram atividades de mobilização nos grandes centros, incluindo paralisação, atos e manifestações.
Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Servidores federais podem entrar em greve no dia 10 de novembro