Servidores da Cultura participam do programa de valorização

Fonte Ministério da Cultura 15/08/2016 às h

O Ministério da Cultura (MinC) encerrou as inscrições para a primeira fase do Programa de Valorização do Servidor, que vai destinar 50 cargos comissionados para servidores de carreira do Ministério e de suas entidades vinculadas. Ao todo, foram 318 inscrições realizadas por 181 funcionários do sistema MinC (Iphan, Funarte, Fundação Biblioteca Nacional, Fundação Casa de Rui Barbosa, Ibram e Fundação Cultural Palmares). Cada servidor podia se candidatar a até duas vagas. 

Inovador, o programa inaugura um novo modelo de gestão no Ministério da Cultura. Pela primeira vez, servidores efetivos do MinC terão a oportunidade de buscar novas colocações tendo como base as formações acadêmica e técnica, o conhecimento sobre as políticas internas e, sobretudo, o mérito. Entre as vagas oferecidas, há funções de liderança como a chefia da Diretoria de Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca e a chefia de gabinete da nova Secretaria de Economia da Cultura.

 

"Além de atender a uma demanda dos servidores de carreira, o programa de valorização é uma resposta à sociedade que deseja um padrão administrativo eficiente e transparente", avalia o Ministro da Cultura, Marcelo Calero.

 

A segunda fase do processo inclui análise curricular e entrevista com os candidatos. Os critérios para avaliação incluem experiência profissional, titulação, capacidades de comunicação e de liderança, além de conhecimentos de gestão pública, da estrutura do Ministério e da área para a qual o servidor está se candidatando.

 

Uma vez analisados os currículos dos candidatos e realizadas as entrevistas previstas na segunda fase do processo, será elaborada uma lista com os mais bem colocados para cada um dos cargos. Desta lista final, os dirigentes do MinC escolhem um nome. As vagas que não forem preenchidas por servidores do Ministério da Cultura poderão ser preenchidas por servidores de outros órgãos da administração pública federal, estadual ou municipal.

 

O chamamento público aberto pelo MinC vai ao encontro das orientações previstas na Medida Provisória 731/2016, que extinguiu cargos em comissão e autorizou a substituição destes por Funções Comissionadas (FCPE), destinadas exclusivamente a servidores públicos efetivos. A medida torna mais transparente o preenchimento de cargos, uma vez que são levados em consideração critérios como experiência e habilidades técnicas dos servidores para os cargos aos quais estão se candidatando.

 

Ministério da Cultura
Fonte Ministério da Cultura 15/08/2016 ás h

Compartilhe

Servidores da Cultura participam do programa de valorização