Serviço Florestal e Jardim Botânico do Rio ampliarão conhecimento sobre a flora do país

Fonte Serviço Florestal Brasileiro 21/03/2013 às 9h
JBRJ será o fiel depositário das amostras botânicas do país

JBRJ será o fiel depositário das amostras botânicas do país


Instituição receberá um exemplar de cada amostra botânica que for coletada durante o Inventário Florestal Nacional, que levantará os recursos florestais em 20 mil pontos no país


O Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e o Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) firmaram uma parceria que vai fortalecer a realização do Inventário Florestal Nacional (IFN), iniciativa que gerará um panorama dos recursos florestais do país a partir de levantamentos em campo.

O JBRJ reunirá as amostras de material botânico coletadas em todo o país durante o Inventário, que avaliará os recursos florestais em cerca de 20 mil pontos no território nacional. Esses exemplares – formados por folhas, flores e frutos – serão recebidos dos herbários parceiros do IFN nas unidades da federação, que também terão amostras para seus acervos.

“O Jardim Botânico é um centro de excelência no Brasil. A parceria traz a garantia de que haverá um repositório adequado para as amostras botânicas e também de que estas ficarão disponíveis para a ciência e para a sociedade”, afirma o diretor-geral do SFB, Antônio Carlos Hummel.

Riqueza botânica
A coleção da flora brasileira abrigada pelo JBRJ é referência no país. O herbário da instituição é maior do Brasil, com 580 mil amostras botânicas, das quais 200 mil já foram digitalizadas e estão disponíveis para consulta, tanto de dados quanto de imagens, no site da instituição. O acervo reúne exemplares de todos os biomas – Amazônia, Caatinga, Mata Atlântica, Cerrado, Pampa e Pantanal.

Segundo o diretor de Pesquisas Científicas do JBRJ, Rogério Gribel, a inclusão das amostras do Inventário na coleção contribui para um melhor conhecimento da flora brasileira do ponto de vista taxonômico, biogeográfico, ecológico, genético e etnobotânico, por exemplo. “Além do interesse científico, estas informações darão suporte a politicas públicas que levem em consideração a diversidade da flora brasileira nos projetos de conservação da biodiversidade, uso dos recursos naturais ou de ocupação do território”, diz.

As ações conduzidas pelo Jardim Botânico na organização e disponibilização das informações botânicas geram uma série de outros benefícios. “Com isso, continuamos no cumprimento de nossa missão institucional de ser provedor, para a comunidade científica, para os tomadores de decisão e para a sociedade em geral, de dados confiáveis sobre a biodiversidade brasileira”, afirma Gribel.

Parceria também no RJ
O Jardim Botânico também dará apoio aos levantamentos do IFN no estado do Rio de Janeiro. A instituição vai identificar o material botânico coletado nessa unidade da federação, ou seja, dizer de que espécies se tratam.

“A identificação correta, feita por especialistas, é essencial para caracterizar a composição de espécies e quantificar a riqueza florística das áreas inventariadas. Também contribui para a indicar a ocorrência de especies raras, endêmicas ou ameaçadas de extinção nestas áreas”, afirma a coordenadora do projeto no JBRJ e também do Herbário da instituição, Rafaela Forzza.

Além de ter taxonomistas especializados em diferentes famílias botânicas, o Jardim Botânico conta com uma rede de centenas de colaboradores de outras instituições, que trabalham em rede no projeto Lista da Flora do Brasil, que visitam com frequência o herbário do JBRJ e que recebem duplicatas de suas amostras.

No estado do Rio, o Inventário vai levantar os recursos florestais em 280 pontos, definidos por coordenadas geográficas, de forma a cobrir os 43 mil quilômetros quadrados do estado.

O Serviço Florestal tem firmado acordos semelhantes com os herbários dos estados, para que estes identifiquem o material colhido em sua região. No Paraná, por exemplo, onde o trabalho de campo do Inventário começa até abril, a parceria foi firmada com o Museu Botânico Municipal (MBM).

Serviço Florestal Brasileiro
Fonte Serviço Florestal Brasileiro 21/03/2013 ás 9h

Compartilhe

Serviço Florestal e Jardim Botânico do Rio ampliarão conhecimento sobre a flora do país