Seminário discutirá desafios da aviação brasileira

Fonte Agência Câmara Notícias 19/05/2013 às 10h

 

 

A Câmara dos Deputados realiza, na quarta-feira (22), seminário para debater os desafios da aviação civil brasileira. O evento vai ser promovido pelas comissões de Turismo e Desporto; de Fiscalização Financeira e Controle; de Viação e Transportes; e de Integração Nacional, de Desenvolvimento Regional e da Amazônia.

Estão convidados para os debates o ministro do Turismo, Gastão Vieira; o ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Moreira Franco; e os presidentes das empresas aéreas TAM, Gol, Azul e Avianca.

O deputado Vicente Cândido (PT-SP), um dos parlamentares que pediu a realização do evento, lembra que, no ano passado, as empresas concorrentes Tam e Gol totalizaram um prejuízo de mais de R$ 1 bilhão. Além disso, o valor de mercado dessas empresas diminuiu. Entre as principais causas, de acordo com o parlamentar, estão a guerra tarifária no mercado doméstico e o aumento dos preços do querosene.

Vicente Cândido afirma que a gravidade da situação afeta, principalmente, a oferta de voos e a redução do pessoal de bordo, com reflexos na segurança do transporte aéreo.

Aeroportos e passagens
O presidente da Comissão de Fiscalização Financeira, deputado Edinho Bez (PMDB-SC), destaca outros temas que devem ser abordados no seminário sobre os desafios da aviação civil brasileira: "A grande preocupação nossa começa com a falta de investimentos na área da infraestrutura nacional, e não diferente é a situação dos aeroportos no País, hoje deixando a desejar."

Outro assunto a ser debatido, de acordo com o parlamentar é sobre as alterações frequentes dos valores das passagens. "Hoje não se sabe quanto se paga em uma viagem. Se você viajar, por exemplo, de Brasília para Manaus, um dia é um preço, no outro dia é outro. Você nunca sabe."

Segundo Edinho Bez, os representantes da empresas aéreas serão questionados também sobre as medidas que as companhias vem adotando para diminuir os custos.

O deputado afirma que algumas delas são questionáveis. "Se avaliarmos, em termos de segurança, uma empresa aérea não pode fazer economia em alguns pontos, como, por exemplo, a manutenção das aeronaves. Recebemos reclamações de que o piloto que conseguisse desligar uma turbina logo após a aterrissagem teria um prêmio, porque iria economizar combustível, e que, esse dinheiro, todo ou parte disso, seria distribuído aos funcionários, à tripulação do avião. São coisas que estão chegando a nós e precisamos apurar."

O seminário será realizado no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados. As inscrições podem ser feitas no local, a partir das 9 horas.

Íntegra da proposta:

Agência Câmara Notícias
Fonte Agência Câmara Notícias 19/05/2013 ás 10h

Compartilhe

Seminário discutirá desafios da aviação brasileira