SEMANA DA MULHER: Maria Esther Bueno inspira gerações no esporte nacional

Fonte Ascom – Ministério do Esporte 08/03/2013 às 13h

SEMANA DA MULHER: Maria Esther Bueno inspira gerações no esporte nacional

A história da participação feminina no esporte brasileiro é repleta de grandes nomes. Do de Maria Lenk, primeira mulher brasileira a disputar uma prova em Jogos Olímpicos, ao de Sarah Menezes, primeira medalhista de ouro no judô. No Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta sexta-feira (08.03), o Ministério do Esporte homenageia as esportistas que se dedicam à difusão da prática esportiva. Exemplo de uma vida inteira dedicada ao esporte é a de Maria Esther Bueno – maior tenista nacional de todos os tempos. Ela conquistou 19 torneios do Grand Slam: sete em simples, 11 em duplas femininas, e um em duplas mistas.

Escolhida como tenista número 1 do mundo em 1959, 1960, 1964 e 1966, Maria Esther entrou para a história do esporte mundial ao se tornar a primeira mulher a conquistar quatro Grand Slams no mesmo ano, jogando em duplas. A ex-atleta foi a primeira brasileira a entrar para o Hall da Fama Internacional do tênis, em 1978.

A trajetória de Maria Esther inspira tenistas do mundo inteiro. No mês de fevereiro, durante o Aberto do Brasil de Tênis, em São Paulo, o espanhol Rafael Nadal, ex-número 1 do mundo, reverenciou Esther Bueno ao tirar uma foto com a brasileira e a compartilhar em uma rede social. "Com uma lenda do tênis, Maria Bueno, vencedora de 19 Grand Slams!", escreveu Nadal, reconhecendo a importância da brasileira para a história do tênis mundial.

Treinamento da Bia com o técnico Larri Passos

 

No Brasil, a nova geração pretende seguir o mesmo caminho de Maria Esther. Atualmente, uma das grandes promessas da modalidade é a jovem Bia Haddad, com 16 anos. Apesar da pouca idade, ela já possui dois títulos profissionais e é a mais jovem atleta brasileira a disputar uma partida na Fed Cup, maior competição por equipes do tênis feminino. “Procuro disputar torneios de júnior junto com atletas profissionais. Assim, estou tentando melhor a minha posição no ranking internacional. Atualmente, o Brasil conta com muitas jogadoras boas e está chegando uma geração nova bem unida, para representar o país”, diz.

A atleta, que conta com o patrocínio dos Correios, Asics e Taroii, realiza seus treinamentos em Santa Catarina, no Instituto Larri Passos. “Os treinos com Larri são bem diferenciados. Tanto dentro quanto fora das quadras. Ele transmite muito a experiência que teve com grandes nomes do esporte. O Larri fala sempre que o mais importante do que a parte física e mental é trabalhar com amor. Amar o que faz”, ressalta.


Ascom – Ministério do Esporte
Fonte Ascom – Ministério do Esporte 08/03/2013 ás 13h

Compartilhe

SEMANA DA MULHER: Maria Esther Bueno inspira gerações no esporte nacional