Seleção mexicana de rugby visita escola pública de São Paulo

Fonte ZDL Comunicação 17/04/2013 às 21h

 

Equipe disputa neste sábado o Desafio Heineken, segunda partida contra o Brasil. Técnico e capitão da seleção brasileira, além do presidente da CBRu, Sami Arap, conversam com a imprensa nesta quinta-feira (18) no Outback Moema

São Paulo (SP) A Seleção Mexicana de Rugby está no Brasil para a disputa do Desafio Heineken, série de amistosos contra a Seleção Brasileira, que termina neste sábado (20) em Santo André, mas aproveitou a passagem para fazer uma visita especial. A equipe esteve nesta quarta-feira (17) na Escola Estadual México, que fica localizada na Vila Joaniza, zona sul da capital paulista. Desde 2002, a instituição pública de ensino fundamental e médio foi adotada pelo consulado mexicano. Em todo o Estado há atualmente 24 escolas apadrinhadas por países da América Latina.

O professor Ulisses Zinneck, ressaltou que a visita da equipe de rugby mexicana é muito importante para a promoção do esporte na juventude. "Eu não conhecia o esporte, mas achei excelente a forma como foi apresentada. Os alunos, até mesmo os que não gostam de participar das aulas de educação física, começaram a se interessar e entraram também na brincadeira. É uma modalidade com muitos valores e o principal, preza a união da equipe", afirmou.

O capitão da seleção mexicana, Marcos Flegmann ficou surpreso com a reação positiva das crianças. "Para nós foi incrível vê-los participando. É muito bom podermos passar nossas experiências para as crianças que não conhecem o rugby. Todas participaram e se interessaram pelo jogo. Não estavam lá porque tinham que estar. Elas queriam fazer parte daquilo e foi muito legal nossa equipe poder ajudar", comentou.
A surpresa não foi só dos que participaram das atividades em quadra. Quem estava só observando do lado de fora também se encantou com a ação. "A Câmara Mexicana tem um objetivo social e ajuda a Escola México desde 2003. Eu tive o prazer de presenciar o desenvolvimento de um esporte em uma escola que nunca tinha ouvido falar do rugby. O México e o Brasil partilham do mesmo problema que é a não informação sobre o esporte. Aqui o forte é o futebol. Se as empresas mexicanas começarem a apoiar o rugby no Brasil, com certeza a Câmara Mexicana apoiará também. O rugby brasileiro terá todo o meu apoio para desenvolver o esporte na Escola México," afirmou Jan Claudius Knizek, representante da Câmara Mexicana em São Paulo.

Nesta terça-feira (16), os mexicanos foram derrotados por 50 a 14 na primeira partida do Desafio Heineken, disputado em São José dos Campos. A próximo jogo será realizado no sábado (20), às 16h, no Estádio Bruno José Daniel, em Santo André.

Ingressos - A entrada para assistir o amistoso entre Brasil e México será R$ 10 inteira e R$ 5 meia entrada (estudantes e acima de 60 anos, mediante apresentação de comprovante). A entrada é franca para menores de 18 anos. O Estádio Bruno José Daniel fica na Rua 24 de maio s/nº, Vila Pires. Os ingressos estarão à venda no dia da partida, a partir das 10 horas, na bilheteria do estádio.

Coletiva em São Paulo, nesta quinta-feira - O Outback Moema sedia nesta quinta-feira (18), às 15h30, a coletiva do amistoso entre as seleções do Brasil e México. O objetivo do amistoso é preparar a equipe para o principal compromisso da temporada: o Campeonato Sul-Americano de primeira divisão, o chamado Consur A. O torneio, considerado o mais importante da modalidade no continente, será disputado entre os dias 27 de abril e 4 de maio nas cidades de Temuco (Chile) e Montevidéu (Uruguai) e também servirá como eliminatória para a Copa do Mundo de Rugby de 2015, na Inglaterra.
neozelandês Scott "Razor" Roberston, e o presidente da CBRu, Sami Arap, conversam com a imprensa sobre a importância desse desafio na caminhada do Brasil nas eliminatórias do Mundial de 2015.

Após a coletiva, o Outback convida os jornalistas para a happy hour junto com os jogadores da seleção brasileira. O Outback Moema fica na Av. Moaci, nº 187.

Os profissionais interessados em cobrir a coletiva devem encaminhar um e-mail para redacao@zdl.com.br, com nome completo, função e veículo de comunicação.

Credenciamento para o amistoso - Para cobrir a partida entre Brasil e México em Santo André será necessário outro credenciamento. Os profissionais interessados devem encaminhar o pedido para redacao@zdl.com.br, com nome completo, função e veículo.

A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) tem o patrocínio master do Bradesco e, como patrocinadores principais, Topper, Heineken e JAC Motors. Conta, ainda, com Grupo CCR, Alupar, CEMIG, Cultura Inglesa, Brookfield Incorporações e BR Properties como patrocinadores oficiais. Também são fornecedores e apoiadores do rugby brasileiro Travel Ace, Fortify, Probiótica, Deloitte, Cremer e JExperts. O rugby é o segundo esporte mais praticado no mundo, têm 5 milhões de jogadores e está presente em 120 países. No Brasil, são mais de 100 mil seguidores, mais de 200 agremiações esportivas e 10 mil atletas registrados, números que, somados à volta da modalidade ao programa olímpico nos Jogos do Rio 2016, fizeram a International Rugby Board (Federação Internacional de Rugby) eleger o Brasil como prioridade estratégica de investimento.

Mais informações no site www.brasilrugby.com.br

Siga o Rugby no twitter

Brasil Rugby no Facebook

ZDL Comunicação
Fonte ZDL Comunicação 17/04/2013 ás 21h

Compartilhe

Seleção mexicana de rugby visita escola pública de São Paulo