Seleção de Futebol de 5 faz avaliações na FEF

Fonte Imprensa Unicamp 15/03/2013 às 9h

Seleção de Futebol de 5 faz avaliações na FEF

Quatorze atletas da Seleção Brasileira de Futebol de 5, equipe tricampeã paralímpica, iniciaram nesta quinta-feira (14) uma série de testes físicos no Laboratório Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão (LABFEF) da Faculdade de Educação Física (FEF) da Unicamp. De acordo com o diretor da FEF, professor Paulo Ferreira de Araújo, os dados apurados durante as atividades servirão tanto para dar suporte ao desenvolvimento de pesquisas naquela unidade de ensino quanto para orientar a elaboração de treinamentos para os jogadores. “Continuaremos realizando esse trabalho até as Paralimpíadas de 2016, a ser disputada no Rio de Janeiro”, adiantou. O futebol de 5 é praticado exclusivamente por cegos.

Os trabalhos estão sendo coordenados pelo professor José Irineu Gorla, do Departamento de Estudos da Atividade Física Adaptada (DEAFA) da FEF, e acompanhados por membros da comissão técnica da Seleção. Conforme o docente, os atletas estão sendo submetidos a diversos tipos de testes, como o de força e de antropometria. Os resultados das avaliações, reforçou, serão encaminhados à comissão técnica do selecionado, para que sirvam de parâmetro para a elaboração de treinamentos e até mesmo de dieta dos jogadores.

O objetivo da abordagem, acrescentou Gorla, é melhorar a performance individual e coletiva dos atletas. “Além disso, os dados também servirão para o desenvolvimento de pesquisas por parte dos nossos professores e estudantes de graduação e pós-graduação”, ratificou. Segundo o pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, João Frederico da Costa Azevedo Meyer, a parceria entre a FEF e a Seleção Brasileira de Futebol de 5 está na própria razão de ser de uma universidade como a Unicamp. “Na academia, nós transformamos dados em informação e informação em ciência. Em muitos casos, nós revertemos essa ciência em extensão, que oferece benefícios à sociedade. É o que está sendo feito nesse caso”, considerou.

Craque

Considerado o craque da Seleção, Ricardinho era um dos atletas que demonstravam mais disposição nos testes aplicados pela FEF. Ele admitiu, porém, que prefere fazer treinamentos com a bola. “Mas, reconheço que avaliações físicas são muito importantes para a preparação da equipe. É isso que fará com que o time continue tendo um bom desempenho”, ponderou. Segundo ele, a competição mais importante do ano será a Copa América da modalidade, em novembro. “No próximo sábado, nós embarcaremos para o Japão, onde disputaremos dois amistosos com a seleção local, já iniciando os preparativos para a competição”, informou.

Imprensa Unicamp
Fonte Imprensa Unicamp 15/03/2013 ás 9h

Compartilhe

Seleção de Futebol de 5 faz avaliações na FEF