Segmento financeiro, que inclui remessas de lucros e dividendos ao exterior, registra saída de dólares

Fonte Agência Brasil 24/05/2012 às 16h
Em meio à crise econômica externa, as saídas de dólares superaram, em maio (até dia 22), as entradas em US$ 1,159 bilhão, segundo dados divulgados hoje (24) pelo chefe adjunto do Departamento Econômico do BC, Fernando Rocha.

Os dados preliminares do mês mostram que o saldo negativo vem do segmento financeiro, que é o registro de investimentos em títulos, ações, remessas de lucros e dividendos ao exterior, entre outras operações. Até dia 22, o saldo negativo do fluxo financeiro ficou em US$ 5,144 bilhões. Se o resultado continuar nesse patamar até o fim do mês, será o pior resultado negativo desde dezembro de 2008 (US$ 6,254 bilhões), período que o país enfrentava a grave turbulência na econômica internacional desencadeada pela crise do mercado imobiliário dos Estados Unidos.

Já o fluxo o comercial, relacionado a operações de comércio exterior, registrou saldo positivo de US$ 3,986 bilhões no mês.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 24/05/2012 ás 16h

Compartilhe

Segmento financeiro, que inclui remessas de lucros e dividendos ao exterior, registra saída de dólares