Secretário-geral da OEA vai ao Paraguai e oferece apoio ao presidente eleito

Fonte Agência Brasil* 23/04/2013 às 14h

Brasília - O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, vai visitar o Paraguai nas próximas semanas. O chefe da missão da organização, Óscar Arias, disse que Insulza pretende conversar com o presidente eleito Horacio Cartes. Segundo Arias, Insulza felicitou Cartes pela vitória e ofereceu o apoio da OEA para sua ações.

“[No diálogo, Insulza] colocou a Secretaria-Geral da OEA à disposição para colaborar com todos os aspectos que favoreçam o fortalecimento democrático do Paraguai", ressaltou Arias.

Arias e mais de 70 observadores verificaram todo o processo eleitoral do Paraguai, encerrado no último dia 21. A missão de observadores definiu o processo como exemplar e ressaltou vários aspectos no “fortalecimento da democracia”.

Um dos principais desafios do presidente eleito é negociar o fim da suspensão do Paraguai do Mercosul e da União de Nações Sul-Americanas (Unasul). O país foi suspenso, há dez meses, quando os líderes regionais concluíram que houve o rompimento da ordem democrática durante o processo de impeachment do então presidente Fernando Lugo.

*Com informações da agência pública de notícias do Paraguai, Ipparaguai.

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 23/04/2013 ás 14h

Compartilhe

Secretário-geral da OEA vai ao Paraguai e oferece apoio ao presidente eleito