Secretaria de Saúde do Rio vai recorrer de multa a secretário

Fonte Agência Brasil 21/04/2013 às 19h

 

Rio de Janeiro - A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, informou que vai recorrer, por meio da Procuradoria-Geral do Estado, da decisão da 11ª Vara Federal do Rio de multar em R$ 5 mil o secretário Sérgio Côrtes em caso de não cumprimento da reativação do serviço de transplantes do Hospital Federal de Bonsucesso, zona norte da cidade, no prazo de 15 dias.

A assessoria de comunicação da secretaria informou hoje (21) que, por se tratar de uma unidade federal, gerenciada pelo Ministério da Saúde, o secretário não pode contratar profissionais nem fazer reformas no centro cirúrgico para retomar o serviço de transplantes na unidade federal. “A única medida que poderia ser feita pela esfera estadual já foi providenciada: a criação de um serviço substituto ao Hospital Federal de Bonsucesso”, disse a assessoria.

O governo estadual criou em fevereiro de 2013 o Centro Estadual de Transplantes, que desde então fez 45 transplantes de rim e fígado em adolescentes e adultos. A secretaria explicou que o Hospital Federal de Bonsucesso começou a encaminhar os seus pacientes renais infantis para o Hospital Estadual da Criança na semana passada e que agendou as primeiras consultas para esta segunda-feira (22).

Desde o fechamento do setor de transplantes do Hospital Federal de Bonsucesso, em 15 de dezembro de 2012, não foi feito nenhum transplante renal em crianças nas unidades de saúde do estado do Rio de Janeiro, o que resultou em uma ação civil pública protocolada pelo Ministério Público Federal. A ação, protocolada em 19 de março, tem o objetivo de pressionar o Ministério da Saúde a recompor a equipe médica de transplantes do Hospital Federal de Bonsucesso em 15 dias.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 21/04/2013 ás 19h

Compartilhe

Secretaria de Saúde do Rio vai recorrer de multa a secretário