SDH repudia atentado à sede da OAB no Rio de Janeiro

Fonte Agência Brasil 07/03/2013 às 19h

Brasília - A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República divulgou hoje (7) nota de repúdio à explosão de uma bomba no prédio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no Rio de Janeiro. A SDH classificou o episódio como “atentado” e se colocou à disposição das autoridades do estado para colaborar com as investigações.

“A Ordem dos Advogados do Brasil tem sido um baluarte na defesa da democracia e uma referência para a garantia dos direitos humanos no Brasil. O governo federal seguirá atento e está à disposição para colaborar com o governo do estado do Rio de Janeiro para a identificação dos responsáveis”, diz o texto da SDH.

A sede da OAB no Rio foi evacuada por volta das 16h devido à explosão de uma bomba (espécie de rojão) na escada entre o oitavo e o nono andares do edifício, onde funcionam escritórios de advogados filiados à entidade. Ninguém ficou ferido.

De acordo com o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, o Disque Denúncia recebeu uma informação sobre a existência de três bombas no prédio. Segundo a denúncia, as bombas seriam uma represália aos trabalhos da Comissão da Verdade no Rio, que serão presididos pelo ex-presidente da OAB-RJ Wadih Damous.

Na nota, a SDH manifesta solidariedade a Damous e ao atual presidente da OAB-RJ, Felipe Santa Cruz.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 07/03/2013 ás 19h

Compartilhe

SDH repudia atentado à sede da OAB no Rio de Janeiro