Safra de café no ciclo de baixa produtividade pode ser a maior já registrada no país, diz Conab

Fonte Agência Brasil 14/05/2013 às 14h

 

Brasília – A safra nacional de café (arábica e conilon) para o período 2013/2014 pode se tornar a maior no ciclo de baixa produtividade (bienalidade) já registrada no país, informou hoje (14) a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A estimativa de colheita para o próximo ciclo é 48,59 milhões de sacas de 60 quilos do produto.

O estudo destaca a redução da diferença entre safras de alta e baixa produtividades. Segundo a pesquisa, isso ocorre devido à “maior utilização da mecanização, aliada às inovações tecnológicas, às exigências do mercado, à qualidade do produto e à boa gestão da atividade, [que] são fatores extremamente importantes e necessários para o avanço e modernização da cafeicultura”.

Apesar do número positivo no ciclo de baixa bienalidade, quando comparado à produção obtida na safra anterior, houve queda de 4,4%, o que representa 2,23 milhões de sacas a menos. A redução é atribuída ao baixo ciclo do café arábica e do conilon, que tiveram redução de 5,1% e 2,4%, respectivamente, na produção.

O levantamento também ressalta que o regime de chuvas bastante irregular aliado às altas temperaturas influenciou a queda da safra. Com isso, a produção do arábica chega a 36,407 milhões de sacas, 74,9% do volume produzido no país, enquanto a do conilon vai a 12,184 milhões de sacas ou 25,1% do total nacional.

A área plantada com a cultura de café (espécies arábica e robusta) no país totaliza 2,341 milhões de hectares. O resultado mostra um crescimento de 0,54% sobre a área de 2,329 milhões de hectares da safra 2012.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 14/05/2013 ás 14h

Compartilhe

Safra de café no ciclo de baixa produtividade pode ser a maior já registrada no país, diz Conab