Rugby: Jogando em casa, Uruguai supera Brasil pelo Campeonato Sul-Americano

Fonte ZDL Comunicação 02/05/2013 às 7h

 

Seleção Brasileira Juvenil vence o Los Tilos da Argentina

São Paulo (SP) - A Seleção Brasileira Masculina de Rugby não resistiu à força dos uruguaios e foi superada por 58 a 7 na segunda partida do Campeonato Sul-Americano de primeira divisão, o Consur A. O torneio reúne as quatro principais forças da América do Sul (Brasil, Argentina, Chile e Uruguai) e serve como eliminatória sul-americana para a Copa do Mundo de Rugby de 2015. Agora, os brasileiros enfrentam a Argentina, país do top 10 mundial e que já está classificado para o Mundial da Inglaterra, no encerramento da competição continental. A partida será disputada no sábado (4), às 13h, com transmissão ao vivo do canal ESPN.

Jogando em Montevidéu, o Uruguai aproveitou bem o jogo de base para manter a posse de bola e assim assumir o controle do jogo. Logo nos primeiros minutos, Federico Favaro abriu o placar para os Teros Uuguaios com um penal. Pouco depois, o Uruguai aproveitou a força do seu scrum para chegar ao in goal brasileiro, marcando um try com Juan Ormaechea, convertido por Favaro. Os brasileiros tentaram aproveitar as laterais para chegar ao campo do ataque, mas a defesa adversária se portou bem e, no contato físico, voltou a pressionar os Tupis para o campo de defesa. Alberto Roman e Francisco Bulatti marcaram mais dois tries para o Uruguai, ambos convertidos por Federico Favaro, que ainda acertou um penal, levando o placar para 25 a 0. Pouco antes do intervalo, Chabal acabou expulso depois de um choque com Oscar Durán.
No segundo tempo, Lucas Duque, o Tanque, e Leo Frota entraram para reforçar o Brasil. Os uruguaios continuaram ganhando os scrums fixos e isso levou Juan Ormaechea a arrancar e marcar mais um try, convertido por Favaro. Os Tupis chegaram bem próximo do in goal uruguaio, mas no line out, os Teros recuperaram a bola e afastaram o perigo. Os brasileiros partiram para o contato e procuraram encontrar espaços para chegar ao in goal adversário. Entretanto, os uruguaios suportaram a pressão e depois de uma bela troca de passes, Franco Lamanna conseguiu marcar mais um try. Depois disso, o time da casa voltou a criar mais volume de jogo e deixou o Brasil em seu campo de defesa. Arturo Avalo e Diego Magno ampliaram para o Uruguai. Faltando quatro minutos para o fim da partida, Moisés conseguiu furar a forte defesa dos Teros, marcando um try, convertido pelo irmão Tanque. Leandro Leivas ainda conseguiu marcar mais um try para o Uruguai, fechando o placar em 58 a 7.

Com este resultado, os uruguaios, que perderam para a Argentina na primeira rodada por 29 a 18, disputam contra o Chile, que venceu o Brasil por 38 a 22 e perdeu para os argentinos por 85 a 10, uma vaga na próxima fase do classificatório para o Mundial de 2015.

Integraram a seleção brasileira na partida contra o Uruguai: 1- Abud, 2- Nativo, 3- Jardel, 4- Carlão, 5- Bruxinho, 6- Saulo, 7- Matias, 8- Ige, 9- Leco, 10- Gregg, 11- Zé, 12- Pedrinho, 13- Moisés, 14- Ogun, 15- Tcheus. Suplentes: 16- Cocão, 17- Chabal, 18- Marcelo, 19- Camisa, 20- Tanque, 21- Torosso, 22- Grampola, 23- Léo Frota. Treinadores: Scott "Razor" Robertson e Jason Holland.

Seleção Juvenil vence na Argentina - A seleção brasileira juvenil também entrou em campo, mas nesta terça-feira (30), contra o Los Tilos da Argentina e saiu vitoriosa por 35 a 19. Os jovens Tupis estão em La Plata para disputa de amistosos contra equipes da primeira divisão do país vizinho, que figura atualmente no top 10 mundial. Os jogos fazem parte da preparação da equipe verde e amarela para o confronto diante do Paraguai, marcado para 1o de junho na casa do adversário, válido pela repescagem do Campeonato Sul-Americano da categoria, também chamado de Consur A.
Comandados pelo neozelandês Brent Frew, a nova geração teve um primeiro tempo difícil, saindo para o intervalo atrás no marcador, que apontava 12 a 7 para os argentinos. Porém, na segunda etapa, os brasileiros conseguiram se recuperar, impuseram seu padrão de jogo e viraram a partida para 35 a 19.

"A vitória foi muito importante para o grupo. Tínhamos muitos novatos e isso os motivou. Já esperávamos um jogo forte e pegado e foi isso que encontramos. No primeiro tempo não tivemos um bom rendimento, mas nos reunimos, conversamos sobre aonde estávamos errando e voltamos dispostos a mudar. Depois disso, executamos em as nossas funções dentro de campo e mantivemos o nosso sistema, saindo de campo vitoriosos", explicou o capitão Jonathan.

O próximo desafio do Brasil será na sexta-feira (3), diante do La Plata às 15h30 (horário de Brasília).

Integram a seleção brasileira M19: 1- Jhonatan Figueiredo Dias (Jacareí Rugby), 2- Vitor Palacão (Pasteur AC), 3- Wilton José Murilo Rebolo (Mastodontes), 4- Rodrigo Jose Andrioli (Chapecó Rugby), 5- Duan Zatti Barp (Chapecó Rugby), 6- Robert Tenório (RPT/Pasteur AC), 7- Patrício Veloso dos Santos (RPT), 8- Luan Almeida Ferreira (Jacareí Rugby), 9- Lucas Domingues (São José Rugby), 10- Pedro Souza di Pilla (Pasteur AC), 11- Yago Fantuzzi (SPAC), 12- Victor Baltieri Guastali (Red Horse), 13- Gabriel Ruiz Fonseca Costa (Jacareí Rugby), 14- Pablo Luiz Hernandes (Red Horse), 15- Gabriel Assunção Costa (São José Rugby), 16- Vitor Kappel (San Diego), 17- Fabio Nery (SPAC), 18- Johnatan Alvarenga de Paula (São José Rugby), 19- Alexandre Boll (Jaguar), 20- Maurício Leme Silva (Jacareí Rugby), 21- Maurício Frison (Farrapos Rugby Club), 22- Lucas Loureiro (Maringá Rugby), 23- João Paulo dos Santos Neto (Bandeirantes RC).
A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) tem o patrocínio master do Bradesco e, como patrocinadores principais, Topper, Heineken e JAC Motors. Conta ainda com Grupo CCR, Alupar, CEMIG, Cultura Inglesa, Brookfield Incorporações e BR Properties como patrocinadores oficiais. Também são fornecedores e apoiadores do rugby brasileiro Travel Ace, Fortify, Probiótica, Deloitte, Cremer e JExperts.

O rugby é o segundo esporte mais praticado no mundo, têm 5 milhões de jogadores e está presente em 120 países. No Brasil, são mais de 100 mil seguidores, mais de 200 agremiações esportivas e 10 mil atletas registrados, números que, somados à volta da modalidade ao programa olímpico nos Jogos do Rio 2016, fizeram a International Rugby Board (Federação Internacional de Rugby) eleger o Brasil como prioridade estratégica de investimento.
Mais informações no site www.brasilrugby.com.br

Siga o Rugby no twitter

Brasil Rugby no Facebook

ZDL Comunicação
Fonte ZDL Comunicação 02/05/2013 ás 7h

Compartilhe

Rugby: Jogando em casa, Uruguai supera Brasil pelo Campeonato Sul-Americano