Roma é cidade com maior consumo de cocaína na Itália

Fonte Ansa flash 28/05/2013 às 15h

A capital supera cidades como Milão e Nápoles

ROMA, 28 MAI (ANSA) - Uma pesquisa do Departamento Nacional de Políticas Antidroga da Itália informou hoje que Roma é a cidade italiana onde o consumo de cocaína é maior, superando a cidade de Nápoles, que ficou em segundo lugar, e também Milão, considerada até agora a "capital" da cocaína do país.

O chefe do Departamento, Giovanni Serpelloni, explicou que a pesquisa foi realizada analisado as águas dos esgotos das cidades.

A investigação mostra também um aumento dos casos de morte em decorrência de overdose, em particular de heroína. Em 2012 ocorreram 390 óbitos, em relação aos 362 de 2011, com um aumento de 7%.

Segundo o Relatório Europeu sobre a Droga, realizado pelo observatório de Lisboa, cerca de três milhões de cidadãos da União Europeia (UE) entre 15 e 64 anos usam maconha todos os dias, cerca de 1% de toda a população adulta do inteiro bloco.

Entretanto, a pesquisa mostra que o consumo de cocaína caiu em cinco países: Dinamarca, Irlanda, Espanha, Itália e Reino Unido, assim como diminuiu o número de consumidores europeus de drogas que pediram para serem tratados. As apreensões de droga na UE também diminuíram, passando de 100 mil em 2008 para 86 mil em 2011, com a redução pela metade da quantidade de droga confiscada.

"A Europa é hoje um mercado consumidor e importador de drogas muito maior do que os Estados Unidos. A tendência foi revertida nos últimos anos e a razão é que alguns países ainda não entenderam a necessidade de contrastar o fenômeno", declarou o vice-diretor geral da policia italiana, Francesco Cirillo.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 28/05/2013 ás 15h

Compartilhe

Roma é cidade com maior consumo de cocaína na Itália