Ritmo de investimentos será mantido mesmo que ritmo de crescimento diminua, diz Augustin

Fonte Agência Brasil 16/05/2012 às 20h
 O Secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, garantiu hoje (16) que o governo manterá o ritmo dos investimentos mesmo com a economia crescendo menos do que o previsto. Até recentemente, a projeção do governo era 4,5% de crescimento em 2012. De acordo com o secretário, o investimento vem crescendo mais do que as despesas de custeio e do que o Produto Interno Bruto (PIB) nominal, e essa é a tendência a ser mantida pelo governo.

“Os investimentos irão crescer ao longo do ano. Gostaríamos de ver um crescimento maior. Achamos que isso é importante para acelerar o reaquecimento da atividade econômica. Portanto, o nosso esforço e o nosso prognóstico é que o investimento cresça este ano mais que o PIB nominal e mais do que o custeio”, disse.

Augustin também descartou dificuldades do governo para cumprir a meta cheia de superávit primário caso a economia não cresça o esperado pelo governo. O valor estipulado pelo governo para 2012 é R$ 139,8 bilhões. De acordo com o secretário, o governo tem se antecipado para cumprir a meta desde o início do ano.

“Não vejo nenhuma razão para não mantermos total tranquilidade quanto ao cumprimento da meta de superávit primário em 2012 conforme anunciamos. O governo fez um forte contingenciamento no início do ano e está se refletindo em resultado primários expressivos”, disse.

No mês passado, o secretário garantiu que, embora o governo tenha cumprido antecipadamente a meta de superávit primário – economia de recursos para pagar os juros da dívida pública – prevista para o primeiro quadrimestre, não haveria o afrouxamento do contingenciamento de R$ 55 bilhões do Orçamento, anunciado no início do ano.

Augustin também descartou a possibilidade de mudança no percentual da meta de superávit primário com a possível queda na receita que o crescimento reduzido pode gerar. “O comportamento das receitas um pouco maior ou um pouco menor nós veremos ao longo do ano. Existem formas de ajustar.”

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 16/05/2012 ás 20h

Compartilhe

Ritmo de investimentos será mantido mesmo que ritmo de crescimento diminua, diz Augustin