Rio Grande do Sul quer incluir carvão mineral no leilão de energia deste ano

Fonte Agência Brasil 19/03/2013 às 20h

 

Brasília - O Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse hoje (19) ao governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, que o governo federal poderá considerar a inclusão de usinas térmicas movidas a carvão mineral na formulação das diretrizes para a realização do próximo leilão de energia A-5, marcado para o segundo semestre deste ano. Segundo o MME, o ministro concordou que a geração elétrica a carvão é importante para o desenvolvimento regional, mas ressaltou que o preço desse tipo de energia precisa ser competitivo.

Tarso Genro manifestou o interesse de seu governo incrementar a geração de energia elétrica a carvão, considerando as grandes reservas do mineral na Região Sul do país. Ele ressaltou a importância das usinas termelétricas a carvão para a geração elétrica na base, além de ser uma indústria que pode gerar empregos e dar suporte ao desenvolvimento econômico do estado. O governador gaúcho considerou ainda o fato de que atualmente existem tecnologias que atendem aos requisitos ambientais no uso do carvão mineral como combustível.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/03/2013 ás 20h

Compartilhe

Rio Grande do Sul quer incluir carvão mineral no leilão de energia deste ano