Reserva na Bahia faz diagnóstico socioeconômico

Fonte Comunicação ICMBio 24/03/2013 às 18h

IMG 2980Brasília – Teve início a fase de campo do Diagnóstico de Socioeconomia e Áreas Correlatas do Refúgio de Vida Silvestre (RVS) do Rio dos Frades, unidade de conservação sob gestão do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), localizada em Porto Seguro, na Bahia. As atividades estão sendo desenvolvidas por meio de consultoria.

Além da contextualização política que envolve a criação da unidade de conservação (UC) e legislação pertinente à sua administração, o diagnóstico servirá de base para a equipe do RVS na gestão da área e na futura elaboração do Plano de Manejo. O estudo também pretende resgatar informações sobre a história e o patrimônio cultural da região, características da população residente na UC e seu entorno, problemas ambientais decorrentes do uso e ocupação do solo e alternativas de desenvolvimento econômico sustentável para região.

Os trabalhos em campo foram realizados de 14 a 22 de março e estão sendo realizados pelos consultores Sérgio Bonecker e Walison Santos, da Thalassa Pesquisa e Consultoria Ambiental, empresa vencedora do edital ICMBio 05/2012, com apoio da equipe do RVS. A metodologia consiste em entrevistas com proprietários de terras inseridas no Refúgio, moradores da UC e seu entorno. A equipe da empresa participou, ainda, da XII Reunião do Conselho Consultivo da Unidade realizada no dia 15 de março, no distrito de Itaporanga, onde puderam trocar informações com mais de quarenta pessoas presentes, além de apresentar a todos os objetivos do estudo.

Comunicação ICMBio
Fonte Comunicação ICMBio 24/03/2013 ás 18h

Compartilhe

Reserva na Bahia faz diagnóstico socioeconômico