Representante da Itália na Indonésia relata momento do terremoto

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
Um funcionário da Embaixada italiana em Jacarta, na Indonésia, informou que o terremoto que atingiu hoje a parte ocidental da ilha foi "muito forte" e "impressionante".

"Fomos para a rua, foi um tremor muito forte. Deve ter durado um minuto. As pessoas das casas aqui do entorno também saíram às ruas. Foi impressionante", afirmou o representante da Diplomacia italiana à emissora CNR-Media.

O tremor, de 7,3 graus na escala Richter, deixou pelo menos 15 mortos e milhares de desabrigados. De acordo com as autoridades locais, casas da localidade de Tasikmalahya, epicentro do abalo, ficaram destruídas.

O sismo foi percebido também na capital Jacarta, sem deixar danos, já em Bandung, cidade universitária, foram registrados vários prejuízos.

Na capital, as pessoas deixaram os locais fechados com medo de eventuais desabamentos. O Parlamento também foi evacuado. Segundo moradores da região, foi possível ver as edificações se movimentarem.

O alarme de tsunami, ativado pela National Oceanic and Atmospheric Administration (NOOA), foi suspenso depois de 30 minutos. Segundo informou um responsável técnico da Agência Meteorológica, Climatológica e Geofísica da Indonésia, "houve um tsunami nas costas de Tasikmalaya, mas foi uma onda de cerca de 20 centímetros, insignificante".
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Representante da Itália na Indonésia relata momento do terremoto