Renan diz que vai garantir direitos da minoria na sessão que vai apreciar MP dos Portos

Fonte Agência Brasil 16/05/2013 às 15h

Brasília – O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), vai cumprir integralmente o Regimento Interno da Casa durante a sessão de encaminhamento e votação da Medida Provisória (MP) 595, chamada MP dos Portos. Ele disse há pouco que essa é a melhor forma de garantir todos os direitos dos partidos da oposição e a votação da matéria sem maiores problemas.

No entanto, ao ser perguntado sobre o acordo de líderes de cumprimento do prazo de 48 horas para que a MP entre na pauta do plenário, Renan Calheiros disse que “esse não é um acordo do presidente com os líderes, mas feito entre os líderes”. Ele acrescentou que, diante disso, qualquer acordo pode ser revisto pela maioria das lideranças.

O senador já conta com a estratégia dos senadores da oposição de cumprirem os cinco minutos para que cada senador se pronuncie. Renan Calheiros acrescentou que, iniciada a sessão da manhã, dará um tempo de 30 minutos para discussão dos itens da pauta. Em seguida, vai ler a comunicação de chegada da MP e a colocará para discussão e votação.

Renan Calheiros, voltou a reclamar do curto prazo dado ao Senado para que delibere uma medida provisória. “Enquanto eu for presidente isso não vai mais acontecer. Se a Câmara mandar qualquer MP com menos de sete dias, não vamos pautar a matéria. Deixo absolutamente claro que esta será a última vez”.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 16/05/2013 ás 15h

Compartilhe

Renan diz que vai garantir direitos da minoria na sessão que vai apreciar MP dos Portos