Reforma cortará até 50% de salários estatais na China

Fonte ANSA 21/08/2014 às 20h

Medida está em reforma proposta por presidente Xi Jinping

21 Agosto, 15:29•XANGAI•ZBF

(ANSA) - O presidente da China, Xi Jinping, determinou uma reforma que prevê o corte de até 50% dos salários de gerentes e lideranças de empresas estatais e públicas. A mudança também impõe tarefas e competências necessárias, divulgou a imprensa local.

A reforma será implementada em duas etapas. Os gerentes, principalmente dos setores bancário e financeiro, terão os salários reduzidos pela metade. Em seguida, haverá uma gradual mudança nas tarefas e responsabilidades, até que estes gerentes assumam o controle de tomadas de decisões.

As funções cotidianas de gerência poderão ficar a cargo de profissionais estrangeiros. Mas a ideia é que a cúpula das empresas estatais seja liderada por chineses que seguem as diretrizes do governo.

Em um discurso nesta semana, Xi Jinping disse que a China caminha para um processo de abertura e modernização que pode ser longo de difícil. "Devemos avançar com as reformas e a abertura sem hesitação", afirmou o líder. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 21/08/2014 ás 20h

Compartilhe

Reforma cortará até 50% de salários estatais na China