Rede de Drogarias Ultrapopular prevê expansão de 150% no número de lojas até dezembro

Fonte Imprensa Febrafar 06/03/2013 às 16h

Modelo diferenciado de negócio tem atraído cada vez mais empresários do varejo farmacêutico de todo o país

Abaixo, lhe encaminho uma sugestão de pauta referente ao sucesso que tem sido as Drogarias Ultrapopular no varejo nacional. Caso necessite de fontes para complemento de matéria, as relaciono abaixo:

1) Presidente da Febrafar e da Rede Ultrapopular, Sr. Edison Tamasco

2) Diretor Executivo da Febrafar e da Rede Ultrapopular, Sr. José Abud Neto

3) Diretor Administrativo da Rede Ultrapopular, Sr. Paulo Roberto Oliveira da Costa

4) Empresário da drogaria Ultrapopular de São Paulo (SP), Sr. Luis Carlos Stanganelli Junior

5) Empresário da drogaria Ultrapopular de Formiga (MG), Sr. Mateus Bueno Ferreira
6) Empresário da drogaria Ultrapopular de Campo Belo (MG), Sr. Giuliano Trindade

http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/logupop.jpg


Inaugurada em maio do ano passado com apenas três lojas, a REDE DE DROGARIAS ULTRAPOPULAR está prestes a comemorar um ano de atividades no varejo e já reúne 51 unidades ligadas a nove redes associadas à Febrafar, com atuação em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina, Mato Grosso, Goiás, Paraíba, Bahia e no Distrito Federal. O rápido crescimento, segundo aponta o presidente Edison Tamascia (na foto abaixo), deve-se ao bem sucedido modelo de negócio adotado pela rede, que possui estrutura e características próprias. “A Ultrapopular foi idealizada exclusivamente para servir de alternativa de negócio para os empresários integrados às redes associadas à FEBRAFAR”, justifica Tamascia, que também preside a Federação Brasileira das Redes Associativistas de Farmácias. O executivo acrescenta que a estratégia adotada para tornar o modelo atrativo é o baixo custo para gerenciamento. “Não implementamos serviços. O que procuramos fazer é centralizar as negociações na sede da rede e otimizar a performance dos colaboradores de cada loja,” relata.

http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/etamas.jpg



De acordo com o Diretor Executivo, José Abud Neto (na foto abaixo), “o gerenciamento das lojas é 100% realizado por nossa central administrativa, onde dispomos de profissionais da área administrativa, tecnológica e comercial, além de uma farmacêutica”, diz. E frisa que advém da central da rede a determinação da lista e a padronização do cadastro de produtos a serem comercializados, a precificação a ser adotada no PDV, bem como o acompanhamento das vendas que são efetivadas em cada loja. “Por meio de relatórios, conseguimos identificar a performance de cada ponto de venda e, em caso de incompatibilidades, temos condições imediatas de promover as ações necessárias para manter toda a sua eficiência operacional”, completa.

http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/joaneto.jpg

Sob o slogan “Quem é a maior, tem o preço menor”, a rede permite aos empresários do grupo associativista a obtenção de vantagens competitivas e maior lucratividade por meio de um gerenciamento sistemático de custos, prática de descontos e criação de imagem de preço baixo junto à clientela. Aliás, conforme explica o Diretor Administrativo da Rede, Paulo Roberto O. da Costa (na foto abaixo), este é o posicionamento estratégico da rede - oferecer à população medicamentos com os preços mais baratos do Brasil, possibilitando a todas as pessoas a continuidade de seus tratamentos. Responsável por criar a estrutura necessária para a gestão e o funcionamento das farmácias e oferecer todo o suporte necessário para o empresário, desde a montagem do estabelecimento até a estratégia comercial a ser adotada, o executivo, que é cientista farmacêutico pós-graduado em Gestão de Negócios, aponta algumas das principais características das lojas ultrapopulares.

http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/prcosta.jpg



“Além de disporem de manuais de orientação [normas e procedimentos e marketing, por exemplo], elas seguem padronização visual [layout interno e externo], contam com equipe de colaboradores uniformizada e iniciam as operações com um mix composto por mais de 13 mil itens - entre medicamentos genéricos, similares e de marca,” informa Costa. Ele acrescenta que, ao ingressarem na rede, os empresários também recebem treinamento via Skype, principalmente no que se refere aos lançamentos de dados no sistema PAI (Painel de Aferição de Indicadores), ferramenta disponibilizada pela FEBRAFAR que aponta indicadores de eficiência do sistema operacional e financeiro da loja fundamentais para o proprietário ter uma visão estratégica do estabelecimento.

De acordo com a região de atuação das redes associativistas, a federação registrou três marcas para concessão gratuita de uso às novas lojas - UltraPopular, MaxiPopular e MegaPopular. As bandeiras seguem a mesma logotipagem, com distinção apenas prefixal. Tamascia esclarece que, "a critério de cada rede integrada à comunidade FEBRAFAR, os empresários interessados em abrir unidades populares não necessariamente devem possuir farmácias associadas a uma rede do grupo, assim como os farmacistas que dispõem de lojas associativas também podem convertê-las ou, ainda, criar novas unidades com características populares". Outras regras para adesão, como o zoneamento, por exemplo, são definidas regionalmente - entre o proprietário da loja e a diretoria de cada rede associativista.

Segundo o Diretor Executivo José Abud Neto, os resultados da Ultrapopular têm sido muito positivos. “Devido ao forte e acelerado crescimento no volume de vendas, o modelo de negócio tem se mostrado viável aos empresários, tanto é que a maioria já planeja abrir novas unidades ultrapopulares”, comenta. Apesar dos trâmites burocráticos que ainda emperram a abertura de empresas no país, o Presidente Edison Tamascia estima que a rede reúna 130 pontos de venda até dezembro deste ano.


SUCESSO ENTRE OS EMPRESÁRIOS

http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/giulianoequipe.jpg


Desde a inauguração da primeira drogaria Ultrapopular do Brasil, em 02 de maio de 2012, pelo empresário Giuliano Trindade (ao meio na foto acima), da cidade mineira de Campo Belo, até os dias atuais, o modelo ultrapopular tem obtido adesão maciça dos empresários varejistas de todo o país. Trindade alega que o sucesso do empreendimento se deve ao conceito adotado pela rede e ao próprio formato implantado pelo estabelecimento. “O formato de drogaria não é simplesmente uma tendência, e sim uma necessidade real de se ter um modelo competitivo e sustentável de negócio. Afinal, se o nosso pior concorrente está por vir, então que sejamos nós”.

Luiz Carlos Stanganelli Junior explica que teve acesso ao modelo Ultrapopular quando iniciou uma incessante busca por uma Associação no mercado que lhe oferecesse um diferencial estratégico. “Li uma matéria na imprensa sobre a Rede Ultrapopular, o que despertou meu interesse pelo nome, layout proposto e, sobretudo, pela seriedade dos executivos que a conduzem. Após visita à central administrativa e a algumas lojas em funcionamento, imediatamente decidi investir no negócio, que saiu do papel em dezembro passado”, relata.

http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/lcarlos.jpg


Ainda que a drogaria Ultrapopular paulistana, vinculada à rede Farma 100, tenha aberto as portas há apenas três meses, o empresário já observa que o preço altamente competitivo, as Operações Logísticas (OLs) de medicamentos genéricos e a panfletagem têm colaborado substancialmente para o crescimento da clientela e do ticket médio do estabelecimento.


http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/umarec.jpg


"Por diversas vezes, os clientes vêm à loja e se assusta com os preços baixos. Ouço muitos dizerem que o nosso estabelecimento é ‘BBB’, pois oferece Bom atendimento, é Bonito e oferece medicamentos a preço Barato,” comemora. Junior está convicto de que é um excelente negócio investir em loja Ultrapopular. “Diferente das demais, a Ultrapopular é uma loja ‘mista’, pois vendemos diversos tipos de medicamentos e, também, produtos de perfumaria de alto giro”, reforça. A farmacêutica Ana Carolina Barros (na foto abaixo) aponta algumas das principais ações que fazem de sua loja Ultrapopular um grande sucesso em solo mato-grossense. “Entre as ações internas, destacam-se a orientação aos colaboradores para que constantemente falem aos clientes sobre a economia que eles obtêm ao adquirirem seus produtos. Externamente, há a distribuição de panfletos e uso de caixa de som na porta da loja para captação de clientes”, afirma. As ações implantadas aliadas ao preço baixo praticado e aos descontos concedidos, segundo ela, contribuíram para um aumento de 806% no número de clientes que passaram comprar na loja desde sua inauguração, em julho passado. “Em vendas, registramos 862% de crescimento”, celebra.

http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/acarolina.jpg

Para manter este ritmo, Barros pretende manter as promoções na loja e fazer divulgação por meio de panfleto, além de estabelecer convênio com as empresas da região. “A central da rede Ultrapopular nos dá uma estrutura ótima para trabalhar. Quando as ferramentas são bem aplicadas e bem trabalhadas, os resultados são imediatos. Mas também acho que, para obter resultado positivo na empresa, devemos associar trabalho árduo e dedicação à ações criativas”, alerta a empresária, anunciando para o mês de março a inauguração de sua segunda loja Ultrapopular no Estado do Mato Grosso - vinculada à Droga Rede.

Por sua vez, Marina Aparecida da Silva Duarte, proprietária de uma loja Ultrapopular em Resende, no Rio de Janeiro, informa que obteve 73% de aumento em apenas três meses de funcionamento - sua loja fora inaugurada em novembro último. “Em dezembro, obtive crescimento de 52% nas vendas, em janeiro 55% e em fevereiro, 74,5%”, ressalta a empresária, cuja drogaria é vinculada à rede Cityfarma. Duarte também atribui a grande adesão por parte da população e o faturamento ascendente às estratégias de divulgação do negócio, tais como distribuição de encartes, utilização de carro de som, propagandas em rádios locais, além de treinamento constante dos funcionários para otimizar e, principalmente, personalizar o atendimento aos clientes que, conforme ela diz, ajudam muito na divulgação da imagem da loja. “Há clientes que nos comparam com a concorrência e nos informam que lhe oferecemos o melhor preço e atendimento com agilidade,” complementa a empresária, anunciando que vai intensificar a propaganda em rádio e ampliar a distribuição de encartes, sempre dando ênfase à venda de medicamentos com o menor preço do Brasil. Ela enfatiza, inclusive, que a central administrativa da Ultrapopular tem fundamental importância neste processo. “Sem dúvida, o fornecimento de encartes com preços diferenciados, a padronização do layout da drogaria, a adoção do conceito de preço baixo, o jingle publicitário e o acompanhamento do setor de marketing da rede, sugerindo as melhores ações no momento da inauguração da loja, são ações essenciais para o sucesso de uma loja Ultrapopular,” reconhece.

http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/thenriq.jpg



Em Minas Gerais, o Sócio-Gerente da Ultrapopular de São Sebastião do Paraíso, Thiago Henrique Vergani (na foto acima), nunca teve dúvida quanto ao sucesso da rede. “Nossas despesas são enxutas, a precificação é muito bem elaborada e o conceito de preço baixo se aplica a todos os produtos. Nestes seis meses de atuação, registramos mais de 300% de aumento no número de clientes e 350% no que tange às vendas, mantendo um crescimento médio mensal da ordem de 60%. É um verdadeiro fenômeno,” dispara, justificando que seus colaboradores, além de frisar ao cliente, a cada compra, a economia gerada, os sensibiliza a levar a Ultrapopular ao conhecimento de familiares, amigos e vizinhos. “É claro que o boca a boca contribui substancialmente neste trabalho de captação de clientes. Inclusive, os próprios clientes comentam que o preço é muito baixo e, a todo instante, além de nos agradecer, nos pedem para que nunca mudemos o estabelecimento de local nem migremos para outra cidade”, declara.

http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/lthenriqb.jpg

Vergani, cuja loja é vinculada à rede Entrefarma, conta que até a concorrência paraisense se rendeu à loja Ultrapopular. “Alguns empresários nos visitam para pesquisar preços e, até mesmo, comprar nossos produtos. E também tem lojista que espalha aos quatro cantos que não quer a Ultrapopular como vizinha nem sob decreto,” revela. Para alavancar os resultados de sua loja no varejo local, o empresário tem oferecido treinamentos de qualificação à sua equipe de funcionários, estuda novas contratações para atender à demanda no próximo inverno, e já prevê a abertura de uma nova unidade ultrapopular na cidade.

http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/lthenriq.jpg


O município mineiro de Formiga ganhou a segunda drogaria Ultrapopular do país, atrelada à rede Entrefarma. Controlada pelo empresário Mateus Bueno Ferreira, a loja foi inaugurada em maio de 2012, pouco tempo depois em Campo Belo, também em Minas Gerais, dar início ao projeto da Febrafar. Devido à crescente competitividade no varejo da região, Ferreira seguiu os passos do empresário Giuliano Trindade, pioneiro nesta empreitada, e abriu a loja formiguense. “Além de outras providências, levantamos recursos financeiros, encontramos um ponto comercial estratégico e, em três meses, abrimos uma unidade Ultrapopular em nossa cidade”, lembra. Para conquistar a clientela, ele lançou mão de ações semelhantes aos demais empresários. “Nossos colaboradores se destacam pela agilidade e eficiência no atendimento, facilitando a compra do consumidor. Em toda a venda, informamos o valor que ele economizou. Já externamente, o trabalho de locução na porta da loja, anunciando promoções e vantagens, e a divulgação - de hora em hora - em um programa de rádio de grande audiência local também auxilia na divulgação da Ultrapopular,” explica. O empresário faz questão de mencionar o apoio recebido da rede Ultrapopular em todo o processo, ressaltando uma das ferramentas que, conforme ele, é responsável pelo sucesso deste modelo de negócio. “Além do excelente layout, linguagem simples e direta, o jornal de ofertas disponibilizado pela central conta também com preços e promoções bastante agressivas, atraindo muitos clientes para dentro da loja,” garante, dizendo que os clientes confessam que a Ultrapopular lhes proporciona acesso a um medicamento de qualidade, com preço justo e sem comprometer o orçamento da família.

http://www.febrafar.com.br/upload/up_images/csultra.jpg



Estimulado a expandir sua clientela e aumentar as vendas e, por conseguinte, o faturamento da loja, Ferreira vem adotando várias estratégias. “Criamos um plano de metas por grupo e por produto para nossos vendedores, incentivando-os a baterem as metas pré-estabelecidas com premiações, brindes e até folgas; incrementamos nosso mix de produtos de perfumaria de alto giro, com uma exposição mais organizada e categorizada; contratamos novos colaboradores, afim de agilizar e otimizar a eficiência de cada atendimento; aumentamos e melhoramos a distribuição do jornal de ofertas, para atingir cada vez mais possíveis clientes, etc.” Para ele, o crescimento gradativo das vendas, mês após mês, é reflexo destas e de outras ações. “Em oito meses, o número de clientes atendidos e o volume de vendas dobrou”, revela atribuindo tal conquista ao excelente modelo de negócio, que é a bandeira Ultrapopular. “Como é uma farmácia muito enxuta, minimizamos a mão de obra e os serviços exigidos por uma farmácia tradicional. E o principal, a Ultrapopular nos dá uma boa lucratividade no final do mês”, finaliza o empresário.



SERVIÇO

REDE DE DROGARIAS ULTRAPOPULAR
Av. Paulista, 777 - Bela Vista - São Paulo - SP
Informações: (11) 3283-3737 (Paulo)
Email: paulo@drogariasultrapopular.com.br
Site: www.drogariasultrapopular.com.br

Imprensa Febrafar
Fonte Imprensa Febrafar 06/03/2013 ás 16h

Compartilhe

Rede de Drogarias Ultrapopular prevê expansão de 150% no número de lojas até dezembro