Recorde de exportações de couro: divisão por Estado

Fonte Imprensa CICB 14/05/2013 às 21h

Os esforços da indústria curtidora e o trabalho associativo das empresas de curtumes têm trazido resultados muito positivos e palpáveis em 2013. Recentemente, no balanço das exportações do mês de abril, registrou-se o recorde histórico de vendas de couros ao mercado externo em um único mês: US$ 218,438 milhões, ou seja, uma alta de 24,6% em relação ao mesmo mês de 2012. Em anexo, a divisão dos números por Estado brasileiro exportador. Os dados são da Secretaria de Comércio Exterior, com análise elaborada pelo Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB).

Os números positivos são fruto de um extenso trabalho de promoção comercial, incentivo às exportações, estímulo à internacionalização de empresas e aprimoramento da imagem do couro do Brasil junto aos mercados-chave para a cadeia. Capitaneado pelo CICB e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o Projeto Brazilian Leather é um símbolo desse movimento, cujos resultados, mês a mês, mostram-se em ascensão cada vez maior.

Para o presidente executivo do CICB, José Fernando Bello, o crescimento das exportações em 2013 contraria diversos prognósticos negativos e situações adversas que a indústria vive diariamente, como os problemas de infraestrutura, as variações de câmbio e os altos custos trabalhistas. Bello destaca que a entidade tem para 2013 uma série de novos projetos em andamento ou com previsão de lançamento para breve e que devem colaborar com os propósitos de crescimento ainda maior para a indústria do couro do Brasil.

Na avaliação final das exportações de couros e peles de abril, os couros acabados (com maior valor agregado) representaram 55,5% do faturamento do mês. Os principais destinos dos couros brasileiros entre janeiro e abril de 2013 foram: China / Hong Kong com 34,6%, Itália com 18,1% e Estados Unidos com 12,9% (participação monetária). Os principais estados exportadores no mesmo período foram São Paulo e Rio Grande do Sul, com 21,5% e 19,9%, respectivamente. Na terceira posição permanece o Paraná com 11,3%, seguido por Goiás com 11,2% e Ceará com 7,8%. Quanto à quantidade de couros, considerando somente os couros bovinos, em abril foram exportadas 3,017 milhões de unidades, um aumento de 33,8% em relação a Abril de 2012, cujo total foi de 2,255 milhões.

 

Imprensa CICB
Fonte Imprensa CICB 14/05/2013 ás 21h

Compartilhe

Recorde de exportações de couro: divisão por Estado