Rebelião em presídio no México deixa ao menos 13 mortos e 65 feridos

Fonte Agência Brasil/EBC* 28/04/2013 às 14h

Bogotá – Pelo menos 13 presos morreram e 65 ficaram feridos após uma briga entre gangues no Presídio de La Pila, em San Luis Potosí, na região central do México. Segundo o governador Fernando Toranzo Fernández, a situação está controlada e 22 detentos estão internados em estado grave devido aos confrontos que ocorreram na madrugada de ontem (28).

Em entrevista na noite de ontem, o governador negou que tenha havido demora das autoridades para controlar a rebelião e disse que os funcionários serão investigados para apurar responsabilidades.

A revolta atingiu quase 75% dos dormitórios da penitenciária e os presos usaram armas brancas de fabricação caseira, segundo o comunicado divulgado pelo governo antes da coletiva.

A situação carcerária no México enfrenta uma situação delicada e é considerada uma das piores da América Latina. Segundo a Comissão Nacional de Direitos Humanos (CNDH) do país, no período de 2011 até o primeiro semestre de 2012 foram registradas 278 mortes de presos no interior de penitenciárias mexicanas por brigas, assassinatos e suicídios. Os números fazem parte de um relatório da CNDH divulgado no ano passado.

A superpopulação carcerária é um problema presente em todas as prisões mexicanas, onde também são registrados altos índices de rebeliões e fugas. De acordo com o levantamento da CNDH, o país tem 237.580 presos, número bem maior que capacidade oferecida pelas penitenciárias, que somam 188.147 vagas.

Com informações da Telesur e do site do governo de San Luis Potosí

Agência Brasil/EBC*
Fonte Agência Brasil/EBC* 28/04/2013 ás 14h

Compartilhe

Rebelião em presídio no México deixa ao menos 13 mortos e 65 feridos