Raupp ouve instituições de ensino e pesquisa do Mato Grosso do Sul

Fonte Ascom do MCTI 20/05/2013 às 16h
 
 
O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, conversou com representantes de instituições de ensino e pesquisa sul-mato-grossenses nesta segunda-feira (20), no prédio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em Campo Grande. A viagem é a primeira de uma série para divulgar o Plano Inova Empresa pelo Brasil.

 

“Nosso objetivo aqui é ouvir sugestões, ver dificuldades e ajustar ponteiros para trabalharmos juntos”, declarou Raupp. “O Inova Empresa está colocando recursos inimagináveis no orçamento do ministério. Queremos detectar em que grandes questões daqui e de outros estados podemos atuar. O que estamos fazendo é despertar a demanda. Façam propostas.”

Segundo o titular do MCTI, o plano divulgado em março pelo governo federal ainda prevê editais em dois setores estratégicos – a agricultura e a sustentabilidade socioambiental. “Espero que até o mês que vem a gente lance um deles, o Inova Agro, mas, por enquanto, estamos discutindo aspectos com o Mapa [Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento] e a Embrapa [Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária]”, antecipou o ministro.

O secretário estadual do Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia, Carlos Alberto Menezes, informou que o governo sul-mato-grossense concentra esforços para o uso sustentável da biodiversidade. “Temos o projeto Aquário do Pantanal, concebido para funcionar como um laboratório nacional”, disse. A iniciativa faz parte do Programa de Ciência, Tecnologia e Inovação para a Biodiversidade do Mato Grosso do Sul (Biota/MS), originalmente um subprojeto de edital lançado pelo MCTI em 2007.

No Sebrae, Raupp ouviu o diretor-presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Mato Grosso do Sul (Fundect), Marcelo Turine, reitores de universidades, coordenadores de programas e dirigentes de agências, institutos e fundações, além de representantes da Embrapa e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O secretário executivo da Rede Centro Oeste de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação (Pró-Centro-Oeste), Ruy Caldas, participou da reunião.

Sugestão

O ministro sugeriu a formação de um grupo técnico para avançar na proposta do estado para o Plano Inova Empresa: “O que queremos é encaixar essa visão de vocês dentro das possibilidades de financiamento do governo federal.”

Mais cedo, em audiência com o governador André Puccinelli, o ministro avaliou que o projeto Aquário do Pantanal poderia se enquadrar no Plano Inova Empresa como parque tecnológico. A agenda do dia também prevê uma apresentação a empresários da Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul (Fiems) e uma visita à Embrapa Gado de Corte, na zona rural do município.

 

 

Ascom do MCTI
Fonte Ascom do MCTI 20/05/2013 ás 16h

Compartilhe

Raupp ouve instituições de ensino e pesquisa do Mato Grosso do Sul