Quase 18 milhões de brasileiros usarão o sistema biométrico nas eleições de 2014

Fonte Agência Brasil 25/02/2013 às 15h

Brasília – Os eleitores de mais de 300 municípios de 14 Estados e do Distrito Federal, incluindo nove capitais, serão recadastrados pela Justiça Eleitoral para usar o sistema biométrico, que consiste na identificação por meio das impressões digitais. Os quase 10 milhões de eleitores destes municípios votarão por meio do sistema nas eleições do ano que vem.

Além de Brasília (DF) e Boa Vista (RR), eleitores de Rio Branco (AC), Macapá (AP), Palmas (TO), Teresina (PI), São Luís (MA), João Pessoa (PB) e Recife (PE) vão passar pelo recadastramento com foco nas eleições de 2014.

Considerada uma tecnologia mais segura, a biometria permite os eleitores serem identificados por meio de suas impressões digitais nos pleitos oficiais organizados pela Justiça Eleitoral. A tecnologia torna praticamente impossível fraude na identificação do eleitor, uma vez que cada pessoa tem impressões digitais únicas.

A primeira experiência do Brasil com o voto pelo sistema biométrico foi nas eleições municipais de 2008. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), à época pouco mais de 40 mil eleitores das cidades de Colorado do Oeste (RO), Fátima do Sul (MS) e São João Batista (SC) experimentaram o sistema e, desde então, o recadastramento tem sido feito gradativamente.

Até as eleições municipais do ano passado, 7,7 milhões de eleitores de 299 municípios utilizaram a nova tecnologia. Sergipe e Alagoas são os únicos estados que tiveram todo eleitorado recadastrado. Em 2014, segundo o TSE, a medida, deve alcançar 18 milhões de eleitores de municípios de 25 estados e do Distrito Federal. Só o Amazonas não aparece na lista do TSE. A expectativa da Justiça Eleitoral é que, até 2018, o sistema esteja implantado em todos os os municípios brasileiros.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 25/02/2013 ás 15h

Compartilhe

Quase 18 milhões de brasileiros usarão o sistema biométrico nas eleições de 2014