Publicações do IPHAN estarão disponíveis no ArquiMemória 4

Fonte Ascom-IPHAN 12/05/2013 às 11h

Livros ArquimemoriaEntre as principais atrações do ArquiMemória 4 - Encontro Internacional sobre Preservação do Patrimônio Edificado, que acontece de 14 a 17 de maio de 2013, no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador, cerca de 40 títulos publicados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) estarão disponíveis para venda no estande do Instituto. São publicações sobre as mais variadas manifestações do Patrimônio Cultural Brasileiro.

A programação do ArquiMemória 4 inclui, diariamente, o lançamento de livros. No dia 14 de maio, o professor Nestor Goulart Reis Filho, que também é membro do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, lança o título Robert Smith e o Brasil – Arquitetura e Urbanismo. A presidenta do IPHAN, Jurema Machado, participa da cerimônia e, logo em seguida, da Sessão de Autógrafos de livros de autores baianos editados pelo IPHAN.

Robert Smith e o Brasil – Arquitetura e Urbanismo, organizada por Nestor Goulart Reis Filho, está incluída na Coleção Obras de Referências do IPHAN e reúne nove ensaios do historiador norte-americano sobre urbanismo, arquitetura e arte coloniais no País. A obra apresenta desenhos, plantas e mapas selecionados pelo autor, além de fotografias por ele produzidas para embasar seus estudos. Três textos iniciais elaborados por especialistas para esta edição introduzem o leitor ao vasto universo de sua pesquisa e aos métodos nela utilizados. O segundo volume, ainda no prelo, congrega dez textos de Robert Smith ilustrados e dirigidos à análise da cartografia e da iconografia brasileiras.

As Fortalezas e as Defesas de Salvador, de Mário Mendonça de Oliveira, é o terceiro guia da série Roteiros do Patrimônio, que leva o leitor a conhecer os fortes e fortalezas que ajudaram a garantir a defesa de Salvador. Além do contexto histórico, o autor apresenta também a terminologia, a arquitetura e a funcionalidade dos equipamentos de cada fortificação.

A Documentação como Ferramenta da Preservação da Memória, de Mário Mendonça de Oliveira, é de grande ajuda a quem se dedica à difícil tarefa da conservação e da restauração. Com caráter bastante didático, o autor revela sua experiência como especialista na conservação de monumentos, divulgando o conhecimento de técnicas de levantamento, cadastramento e documentação de edifícios e sítios arqueológicos.

Igrejas e Conventos da Bahia, de Maria Helena Ochi Flexor, é o nono título da coleção Roteiros do Patrimônio e apresenta os mais importantes conjuntos de igrejas e conventos da Bahia. São três volumes sendo que o primeiro trata do contexto histórico da colonização e do estabelecimento das ordens religiosas em nosso território, bem como da religiosidade na Bahia e da evolução de suas tradições.

Em Mobiliário Baiano, Maria Helena Ochi Flexor, apresenta o inventário dos móveis mais encontrados em Salvador, desde o início do século XVIII até meados do século XIX. A autora também trata dos estilos, da mão de obra e dos materiais usados na confecção das peças, com fartas referências bibliográficas e iconografia.

O Conjunto do Carmo de Cachoeira, de Maria Helena Ochi Flexor, Ana Maria Lacerda, Maria Conceição da Costa e Silva e Maria Vidal de Negreiros, registra uma das intervenções mais emblemáticas promovidas pelo Programa Monumenta IPHAN/MinC na recuperação do Patrimônio Cultural Brasileiro, realizada na cidade de Cachoeira (BA).

Engenhos do Recôncavo Baiano, de Esterzilda Berentein de Azevedo, é o sétimo título da série Roteiros do Patrimônio e propõe aos leitores uma viagem por alguns dos monumentos remanescentes da arquitetura do açúcar na Bahia. Os conjuntos tradicionais são descritos em minúcia e com muitas imagens.

O Convento Franciscano de Cairu, de José Dirson Argolo,recupera a história do município baiano e do convento construído na segunda metade do século XVII. O autor também contextualiza seu surgimento e existência, dá notícia da população, dos costumes, da paisagem e da religiosidade local, e detalha o universo da restauração e de suas técnicas.

Todos os livros poderão ser adquiridos durante o evento no estande do IPHAN, no HALL G do Centro de Convenções, de 8h30 às 20h30. Também podem ser solicitadas ao Setor de Publicações do IPHAN pelo e-mail publicacoes@iphan.gov.br.

ArquiMemória 4 - Encontro Internacional sobre Preservação do Patrimônio Edificado
O principal encontro sobre o assunto realizado no Brasil é promovido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), através do Departamento da Bahia (IAB-BA), em parceria com a Faculdade de Arquitetura (FAUFBA) e o Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia (PPG-AU/UFBA). A presidenta do IPHAN, Jurema Machado, participa da mesa de abertura do evento, dia 14 de maio, às 9h.

O ArquiMemória 4 reunirá profissionais e pesquisadores da Itália, Espanha, Portugal, Argentina, Uruguai, Peru, Equador, Bolívia, Chile, Paraguai, Cuba, Panamá, México, Estados Unidos, Hungria e de todas as regiões do Brasil, com o objetivo de discutir as diversas relações entre cidade e patrimônio no Brasil e em outros contextos. O IPHAN coordenará debates sobre o patrimônio material e imaterial, nas mesas redondas O IPHAN e a dimensão urbana do patrimônio e Novos conceitos, novos patrimônios. No primeiro eixo temático serão abordados o desafio do patrimônio ferroviário nas grandes metrópoles nacionais; as maquetes eletrônicas como instrumento para o planejamento de centros históricos; e o PAC Cidades Histórias. Já o segundo grupo abordará os desafios e possibilidades de uma política federal do patrimônio cultural; a diversidade linguística como objeto de patrimonialização; e a gestão compartilhada e sustentabilidade dos bens culturais registrados.

www.iphan.gov.br
www.facebook.com/IphanGovBr | www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr

Ascom-IPHAN
Fonte Ascom-IPHAN 12/05/2013 ás 11h

Compartilhe

Publicações do IPHAN estarão disponíveis no ArquiMemória 4