Propostas culturais foram analisadas pela Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC).

Fonte Sefic/MinC 15/05/2013 às 15h

Na 2ª semana de maio, 567 propostas culturais foram analisadas pela Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC). Desse total, 540 foram aprovadas. Com esses novos projetos, foram acrescidos ao total de recursos a serem captados por meio de renúncia fiscal, R$ 440 milhões.

A aprovação ocorreu durante a 209ª reunião da CNIC, realizada em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, de 7 a 9 de maio. A CNIC itinerante, que vai a diferentes cidades brasileiras a cada dois meses, tem ganhado cada vez mais importância no cenário cultural.

Os pareceres dos projetos estão aqui.

Os proponentes que tiveram seus projetos com parecer favorável à aprovação deverão aguardar publicação, no Diário Oficial da União, da portaria de autorização para captação de recursos.

Também devem acompanhar seu projeto através do Sistema SalicWeb, uma vez que as comunicações e solicitações complementares, caso necessárias, se dão exclusivamente por essa ferramenta.

Durante os três dias de reunião, a equipe visitou projetos culturais já contemplados pela Lei Rouanet e viu de perto propostas que se transformaram em realidade. O secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do MinC, Henilton Menezes, se reuniu com empresários e explicou a eles o funcionamento da Lei Rouanet, visando incentivar as empresas a investirem em cultura por meio da renúncia fiscal.

Clique aqui para acessar a apresentação do secretário.

A CNIC é um órgão colegiado do MinC, formada por representantes da classe artística, empresarial, sociedade civil e do Estado. São 21 integrantes das áreas de Audiovisual, Humanidades, Artes Cênicas, Artes Visuais, Empresariado Nacional, Música e Patrimônio.

Mais informações: 2024-2060

Leia a matéria na íntegra

 

Sefic/MinC
Fonte Sefic/MinC 15/05/2013 ás 15h

Compartilhe

Propostas culturais foram analisadas pela Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC).