Projeto de nanossatélite nacional tem revisão concluída no Japão

Fonte AEB 12/08/2014 às 11h
O Aesp-14, satélite brasileiro de pequeno porte, teve seu relatório de avaliação de segurança (SAR, na sigla em inglês) validado no Japão e será enviado em setembro para os Estados Unidos, onde será integrado ao dispositivo de lançamento.

Três engenheiros brasileiros participaram da análise final do documento, na quinta-feira (7), no Japão. O nanossatélite, que está no Brasil, foi desenvolvido pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCTI), com financiamento da Agência Espacial Brasileira (AEB/MCTI).

Dos EUA, o Aesp-14 será transportado para a Estação Espacial Internacional (ISS, sigla em inglês) e tem programação para ser colocado no espaço em outubro.

O lançamento é agenciado pela Japan Manned Space Systems Corporation (Jamss), empresa por meio da qual a agência espacial japonesa, a Jaxa, comercializa o lançamento de satélites de pequeno porte usando o JEM Small Satellite Orbital Deployer – J-SSOD.

O cubesat Aesp-14, cujo objetivo é acadêmico, tem hoje a participação de quatro alunos de graduação do curso de engenharia espacial, três alunos de mestrado, um aluno de doutorado, um pós-doutor, dois professores, dois radioamadores e um coordenador.

Será o segundo pequeno satélite nacional a ser colocado no espaço. O primeiro foi o NanosatC-Br1, lançado da Rússia em junho e funcionando como planejado.
AEB
Fonte AEB 12/08/2014 ás 11h

Compartilhe

Projeto de nanossatélite nacional tem revisão concluída no Japão