Programa de incentivo à inovação sustentável investirá R$ 4,3 bi em projetos

Fonte MCTI / BNDES 06/08/2014 às 6h
Programa de estímulo a inovações sustentáveis investirá R$ 4,3 bilhões em projetos inovadores que promovam e incentivem o desenvolvimento sustentável em território nacional. Serão apoiados 167 planos de negócios, coordenados por 126 empresas líderes. Do valor total, R$ 600 milhões são contrapartida das empresas. Acesse o resultado da chamada pública.

O maior volume de planos de negócios está concentrado na linha temática de produção dustentável, que representou 56% do total. Os destaques ficaram com 'Eficiência Energética no Setor Industrial' (18%) e 'Resíduos Sólidos Industriais' (16%). A segunda maior demanda ocorreu na linha de 'Saneamento Ambiental (35%), destacando Resíduos Sólidos Urbanos (16%).

Os primeiros contratos devem ser assinados neste ano, com concentração dos desembolsos em 2015 e 2016.

Sobre o Inova Empresa

O Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) junto com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e outros órgãos públicos integram o Plano Inova Empresa, cujo objetivo fomentar projetos de apoio à inovação em diversos setores considerados estratégicos pelo governo federal.

Por meio da iniciativa, são realizados Planos Conjuntos, que consistem em chamadas públicas para a seleção dos projetos que serão contemplados pelos mecanismos de apoio disponíveis pelo BNDES, pela Finep e pelos órgãos públicos participantes.

Entre os planos já abertos destaque para o Inova Aerodefesa, Inova Agro, Inova Energia, Inova Petro, Inova Saúde, Inova Sustentabilidade, Inova Telecom, entre outros.

Inova Sustentabilidade

O Plano de Apoio Conjunto Inova Sustentabilidade é uma iniciativa de coordenação das ações de fomento à inovação e ao aprimoramento da integração dos instrumentos de apoio disponibilizados por BNDES e Finep, com as seguintes finalidades:

Apoiar o desenvolvimento tecnológico e a difusão de produtos e processos que promovam a produção sustentável, por meio da redução do consumo de recursos naturais e a prevenção e controle de poluentes, etc;
Apoiar empresas e instituições que promovam soluções integradas de restauração de biomas brasileiros e o desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva da madeira tropical;
Apoiar o desenvolvimento e a difusão de tecnologias para elevar o nível de atendimento dos serviços de saneamento ambiental no país, com foco no tratamento e abastecimento de água e nos dispositivos previstos na Política Nacional de Resíduos Sólidos;
Apoiar o desenvolvimento e a difusão de tecnologias para o monitoramento ambiental e prevenção de desastres naturais, visando aperfeiçoar sistemas de alerta e de redução de exposição ao risco; e
Aumentar a coordenação das ações de fomento e aprimorar a integração dos instrumentos de apoio financeiro disponíveis.


MCTI / BNDES
Fonte MCTI / BNDES 06/08/2014 ás 6h

Compartilhe

Programa de incentivo à inovação sustentável investirá R$ 4,3 bi em projetos