Programa de extensão recebe 200 propostas em ciência e tecnologia

Fonte Ascom do MCTI 05/04/2013 às 8h
Áreas apoiadas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) inscreveram 200 propostas para desenvolver projetos contemplados pelo edital 2014 do Programa de Extensão Universitária do Ministério da Educação (Proext-MEC). As propostas passarão por uma triagem e o resultado da seleção deve ser definido até o dia 21 de junho.

 

A parcela ligada ao MCTI teve o terceiro maior número de inscrições, atrás do Ministério da Saúde, com 272, e do próprio MEC, com 262. “Isso demonstra que o tema está despertando o interesse das instituições públicas de ensino”, avalia a secretária interina de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social do MCTI, Sônia da Costa. “A demanda identificada pelo Proext fortalece nossas políticas e nos estimula a ampliar nossas ações.”

Nesta edição, o Proext ofereceu 20 linhas temáticas, com envolvimento de 18 pastas do governo federal, além do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Ao todo, foram 2.435 propostas inscritas.

A linha 17, que corresponde ao MCTI, tem como subtemas Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs); inclusão digital; popularização da ciência; proteção do conhecimento e transferência de tecnologia em instituições de ensino públicas; segurança alimentar e nutricional; tecnologias assistivas; tecnologias para cidades sustentáveis e tecnologias sociais.

Das 200 propostas inscritas, 118 dizem respeito ao subtema popularização da ciência. Para Sônia, a quantidade de projetos deve se refletir na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Neste ano, o evento ocorre de 21 a 27 de outubro, com o tema Ciência, Saúde e Esporte.

O Proext

O programa é um instrumento que abrange programas e projetos de extensão universitária, com ênfase na formação dos alunos e na inclusão social, visando aprofundar ações políticas que venham fortalecer a institucionalização da extensão no âmbito das instituições federais, estaduais e municipais de ensino superior.

O MEC destina ao Proext até R$ 50 mil por projeto e até R$ 150 mil por programa. “Quanto mais propostas inscritas, portanto, maior o volume de recursos”, explica a secretária interina do MCTI. O edital de 2013 totalizou R$ 82 milhões.

As propostas são de universidades públicas federais, estaduais e municipais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia (IFs) e centros de educação tecnológica (Cefets).

 

 

Ascom do MCTI
Fonte Ascom do MCTI 05/04/2013 ás 8h

Compartilhe

Programa de extensão recebe 200 propostas em ciência e tecnologia