Programa Campus Mobile premia projetos de aplicativos

Fonte Agência FAPESP 08/04/2013 às 8h

 

 

 Estudantes de qualquer área do conhecimento que tenham uma ideia para a criação de um aplicativo – e não necessariamente saibam como fazê-lo – podem se inscrever até o dia 12 de abril no Campus Mobile, concurso promovido pelo Instituto Claro, com apoio do Laboratório de Sistemas Integráveis da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (LSI/Poli/USP), para premiar os melhores projetos.

“Não é necessário ser especialista nem ter noções avançadas de tecnologia da informação. Basta ter uma boa ideia de aplicativo na cabeça e decidir colocá-la em prática”, afirmam os organizadores. Segundo eles, o objetivo do programa é revelar talentos e estimular o empreendedorismo entre jovens estudantes brasileiros.

Essa é a segunda edição da competição, que aceitará projetos em duas categorias: Tecnologias Sociais (para aplicativos que promovam benefícios ambientais, educativos, de saúde ou cidadania) e Empreendedorismo (com foco nas inovações que facilitem o dia a dia das pessoas).

Na categoria Tecnologias Sociais, até três vencedores poderão ganhar uma viagem de cinco dias para conhecer o Media Lab, do Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos. Já na categoria Empreendedorismo, o primeiro colocado ganhará R$ 5 mil; o segundo, R$ 3 mil; e o terceiro, R$ 2 mil. As inscrições seguem até o dia 12 de abril.

Na primeira edição, o vencedor foi Iury Valls, estudante do curso de Administração do Centro Universitário Metodista IPA, de Porto Alegre, que criou um serviço para rastrear ofertas de produtos e serviços mais baratos disponíveis na área próxima ao dispositivo móvel.

O concurso tem duas etapas. Na primeira, serão selecionados 100 estudantes para participar do programa, durante o qual receberão orientação para o desenvolvimento de conteúdos ou serviços para telefonia móvel. Na segunda fase, serão escolhidos os três autores com melhor desempenho ao longo do programa, nas duas categorias.

Os participantes selecionados receberão apoio de tutores e participarão de encontro presencial com orientações práticas, oficinas e palestras sobre telecomunicações, criatividade, inovação e empreendedorismo.

O encontro presencial ocorrerá em julho, em São Paulo. Nessa etapa, os estudantes também apresentarão seus projetos para uma banca de especialistas.

A expectativa dos organizadores é repetir o sucesso da primeira edição, quando mais de 1,3 mil universitários se inscreveram e 90 foram selecionados para participar do programa. “Os estudantes eram das mais diversas áreas, administração, desenho industrial, engenharia, ciência da computação, design gráfico, biomedicina, publicidade e propaganda e até música”, disse Irene Ficheman, do LSI/Poli/USP.

Mais informações: www.institutoclaro.org.br/app/webroot/campusmobile

Agência FAPESP
Fonte Agência FAPESP 08/04/2013 ás 8h

Compartilhe

Programa Campus Mobile premia projetos de aplicativos