Profissionais da Hemobrás realizam testes em equipamentos na Itália

Fonte Hemobrás 12/08/2014 às 10h
Teste identifica se foram cumpridas as exigências relacionadas às Boas Práticas de Produção e Engenharia


No início do mês de agosto, três profissionais da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás) estiveram em Milão, na Itália, para realizar testes funcionais em sistemas de destilação de água para injetáveis e de geração de vapor puro farmacêutico. Os equipamentos, que representam um investimento na ordem de R$ 9 milhões, serão instalados no subsolo do Bloco B02 da fábrica da estatal, que está sendo construída em Goiana-PE. A função dos maquinários é esterilizar materiais e preparar soluções usadas em diversos pontos da produção, como no diluente que serve para reconstituir os produtos liofilizados.

A participação no teste de aceitação em fábrica, tecnicamente chamado de FAT (do inglês Factory Acceptance Test), serve para identificar se foram cumpridas todas as exigências relacionadas às Boas Práticas de Produção e Engenharia, além das normas de segurança. “Verificamos o funcionamento no local onde os equipamentos são desenvolvidos, porque assim é possível corrigir possíveis erros diretamente com o fornecedor. Estando tudo em conformidade, a previsão é que o maquinário seja enviado ao Brasil no início de 2015”, explicou Caueh Jovino, farmacêutico da Gerência de Incorporação Tecnológica e Processos da Hemobrás. Além dele, participaram da atividade a gerente de Garantia da Qualidade, Bruna Arruda, e o chefe do Serviço de Engenharia (GE), Wander Armbrust.

As especificações para o desenvolvimento dos sistemas foram repassadas pelo Laboratório Francês de Biotecnologia (LFB), que possui contrato de transferência de tecnologia com a estatal para a produção dos seis hemoderivados maior consumo no mundo.

Hemobrás
Fonte Hemobrás 12/08/2014 ás 10h

Compartilhe

Profissionais da Hemobrás realizam testes em equipamentos na Itália